Jogos de empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
JOGOS DE EMPRESAS: UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO ENTRE OS ANOS DE 1996 – 2011.
Gisele Silveira Coelho Lopes – Docente – Universidade do Extremo Sul Catarinense
Daniel da Silva Motta – Aluno – Universidade do Extremo Sul Catarinense


Resumo

Este estudo, em seu objetivo mestre, propõe-se a traçar um panorama dos Jogos de Empresas direcionados às áreas administrativas de Recursos Humanos eAdministração da Produção entre os anos 1996-2011. A metodologia adotada corresponde à pesquisa bibliográfica e analise qualitativa de conteúdo. O resultado que traduz este estudo confirma nos jogos de empresa uma ferramenta propicia à prática organizacional, principalmente quando aplicada ao âmbito administrativo e de produção. Além disso, os pesquisadores identificaram a carência literal nasabordagens dos jogos de empresa quando o assunto é Recursos Humanos, considerando, frente a outras áreas abordadas por este modelo de prática organizacional, suas utilizações ainda aparentes.

Palavras-chave
Jogos de Empresa; Recursos Humanos; Administração da Produção; Curso de Administração.

1 INTRODUÇÃO
O contexto econômico e social contemporâneo prima por profissionais preparados parainterpretar as variáveis ambientais mercadológicas, minimizar os riscos e ampliar a sustentabilidade das organizações no mercado. Tem-se a necessidade de instituir nas IES, metodologias de ensino que apresentem um novo processo de ensino-aprendizagem - até então conhecidas como locais de repasse do conhecimento – que vise desengessar as estruturas pedagógicas para se tornarem locais ideais decriação e reflexão do conhecimento. O que se vê é o aumento da distância entre a necessidade do mercado e a formação de profissionais com habilidades e competências, que anualmente de forma prematura, são colocados no mercado por milhares de universidades no Brasil. Desse modo, têm-se os jogos de empresa como extensão educacional, que visa de forma prática, dinâmica, lúdica e criativa, proporcionar oacesso as situações problemas que ocorrem no dia a dia das organizações (ANDRADE[1] et al.,; ANDRADE[2] et al.,).
De acordo com as diretrizes nacionais instituídas pela resolução n° 4, de 13 de julho de 2005, descritas em seu art. 2°, inciso 1°, alíneas IV e V, é complemento indispensável de integração à índole do discente que o processo pedagógico vá além das expectativas teóricas previstasna grade curricular do Curso de Bacharel em Administração. Portanto, são previstas pelo MEC[3], e fazem-se necessárias, práticas que integrem as mesclas educativas vivenciadas ao longo da formação do sujeito individual e que lhes possibilitem aspirar a própria essência administrativa pela reflexão entre teoria e prática.
As necessidades são transversais à linha do tempo, sejam elas quais forem,pois de acordo com Mizukami[4], o fenômeno educativo desde suas premissas possui múltiplos enfoques e em nenhum momento a sociedade conseguiu eleger sem contestações, um modelo mais eficiente e universal de ensino, destacando que houveram sim métodos mais próximos da realidade e da necessidade determinada pelo momento histórico, estes sem sombra de dúvidas, vislumbraram vantagens pedagógicassobre seus alheios. Assim o autor frisa que o contar dos anos estará sempre lastreado a novas tendências políticas, sociais, culturais, organizacionais, profissionais, somadas a exigências inesgotáveis de didáticas de ensino criativas
No Brasil, de acordo com Medeiros[5], vários campos do ensino superior contam com instrumentos, em escalas reduzidas, para treinar e expandir as capacidadesdos seus participantes. Neste caso, dá-se como exemplos: a maquete para arquitetos e engenheiros, os animais para os médicos e enfermeiros, plantas para os biólogos, entre outros. Em comum a necessidade de métodos para a aproximação da realidade futura que estes profissionais irão participar, sendo que as vivências práticas permitem desde os primeiros encontros os contatos com a futura...
tracking img