Jogos cooperativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2550 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO HELENA ANTIPOFF
Curso de Licenciatura em Educação Física

















JOGOS COOPERATIVOS
















Ibirité
2010
Daniel Souza Mota
Maria Luiza Souza Fonseca
Philippe Advíncula













JOGOS COOPERATIVOS





Trabalho construído para avaliação da disciplina de Metodologia do TrabalhoCientífico do curso de Licenciatura em Educação Física da Fundação Helena Antipoff.

Prof. Marcus Vieira.










Ibirité
2010
Referências:








LOPES, J.C.; Educação para convivência e a cooperação. Conexões, v. 3, n. 1, 2005 16.



BALIULEVICIUS, N.L.P.; MACÁRIO, N.M. Jogos cooperativos e valores humanos: perspectiva de transformaçãopelo lúdico. Fitness & Performance Journal, v.5, nº 1, p. 48-54, 2006.

FERREIRA, D.M.M. Jogos cooperativos como inclusão social na escola.






CORREIA, M.M. Jogos Cooperativos e Educação Física escolar: possibilidades e desafios. Revista Digital - Buenos Aires - Año 12 - N° 107 - Abril de 2007. Disponível em http://www.efdeportes.com/ revistadigital. Acesso em:24 de novembro de 2010,19:03:36.


FILGUEIRAS, I.P.; MENDES, L.C.; PAIANO, Ronê.;. Jogos cooperativos: eu aprendo, tu aprendes e nós cooperamos. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte- 2009, v. 8 (2): 133-154.

JUNIOR, J.C. Jogos cooperativos – uma proposta de inclusão nas aulas de Educação Física. Projeto para o Programa de Desenvolvimento Educacional da Universidade Estadual de Londrina. Secretaria de Estadoda Educação. Arapongas- PR, 2009.





















Resumo

O presente trabalho tem como objetivo construir um referencial teórico fazendo uma analogia entre diferentes pontos de vista sobre Jogos Cooperativos nas Escolas e também de unir pontos semelhantes para a construção de um conhecimento mais amplo e eficaz sobre o tema numa perspectiva pedagógica. Atividades queenvolvem cooperação ajudam os alunos a se socializarem, a conviverem uns com os outros com o intuito de se ajudarem e se respeitarem dentro de suas próprias diferenças. Desse modo fica evidente a importância dos Jogos no processo educacional. Foram pesquisados seis artigos de diferentes autores que tratam desse mesmo tema, onde cada um explica suas experiências mostrando pesquisas feitas em algumasescolas. Os artigos fazem referências de autores que dedicaram seus estudos afim de criar um direcionamento aos profissionais de Educação Física que desejam incluir os Jogos Cooperativos em suas aulas mas não sabem como começar. Embora sejam de datas diferentes e autores diferentes, os artigos partem do mesmo princípio: fazer com que todos os alunos independente de suas capacidades física emental, se sintam incluídos e participantes de todas as atividades propostas.

Palavras-chave: Jogos cooperativos. Inclusão. Socialização. Convivência. Respeito.


1 Introdução

Sabemos que Jogos Cooperativos é um assunto que vem chamando a atenção de estudiosos de diversos segmentos e em diferentes localidades.
Viver juntos e realizar objetivos comuns é a principal proposta dosJogos Cooperativos. Isso não tira a suma importância dos esportes de rendimento porém, sabemos que o ambiente escolar não é o lugar ideal para a prática desses esportes.
Atividades que envolvem cooperação ajudam os alunos a se socializarem, a conviverem uns com os outros com o objetivo de aprender a conviver em união no contexto social.
Contudo, o Jogo e o esporte merecem uma revisãosobre suas bases filosóficas e pedagógicas mais aprofundada e que seja constante, para que o processo de ensino-aprendizagem seja eficaz.
O Jogo desde suas primeiras manifestações, esteve envolvido num ambiente muito dinâmico e de constantes modificações, quanto as suas dimensões, definições e aplicações.
Huizinga (1996) considera o Jogo, em seu livro “Homo Ludens”, como algo que é...
tracking img