Jean sartre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (465 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Jean Paul Sartre nasceu em paris em 21/06/1905 filho de Jean-Baptiste Marie Eymard Sartre e de Anne Marie Sartre, casado com Loise Guillemin com quem teve três filhos George, Émile e Anne-Marie. Atéos 10 anos foi educado em casa por seu avô e por alguns preceptores contratados. Com pouco contato com outras crianças, o menino tornou-se precoce. Era incentivado pela mãe, pela avó, pelo tio (que opresenteou com uma máquina de escrever) e por uma professora, a sra. Picard, que via nele a vocação de escritor profissional.
Considerado por muitos o símbolo do intelectual engajado, Sartre adaptavasempre sua ação às suas idéias, e o fazia sempre como ato político. Em 1964 recebe o Nobel de Literatura, que ele recusa pois segundo ele "nenhum escritor pode ser transformado em instituição".
Usao termo humanismo no sentido de que toda a ação passa pela subjetividade, assim toda a ação é humana, seja repugnante ou não. Ao nos depararmos com algo injusto, segundo a concepção existencialista,pensaremos “isto é humano”. É uma visão otimista: se é humano, posso ou não praticar este ato.
Mesmo os filósofos ateus, como o filósofo prussiano Emmanuel Kant, adotam a idéia de que a essênciaprecede a existência, o homem é aquilo que faz. “o homem antes de mais nada, é um projeto que se vive subjetivamente”. Não somos aquilo que queremos ser, mas somos o projeto que estamos vivendo e esteprojeto é uma escolha, cuja responsabilidade é apenas do próprio homem.
O existencialismo transcende a idéia do subjetivismo individualista que os críticos querem imputar-lhe. Ao escolher o homem quedeseja ser, o homem está julgando como todos os homens devem ser. O homem que nega a angústia tem na angústia a sua própria forma de existir. Quando responsável e perante qualquer decisão, sente-seangustiado. Mas tal angústia não o impede de agir, pelo contrário, implica na ação. O homem faz-se a si próprio, é livre: tem total liberdade para escolher o que se torna, é responsável por sua paixão....
tracking img