Jean paul sartre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2834 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A filosofia e o sentido

- Jean-Paul Sartre -


No âmbito da disciplina de:
Filosofia

Índice
Índice……………………………………………………………………… 2
Introdução…………………………………………………………………. 3
Biografia de Jean-Paul Sartre………………………………………………5
O existencialismo de Jean-paul Sartre……………………………………...6
Liberdade em Sartre…………………………………………………….….8
A existência, a responsabilidade e a má fé……………………………..…10
Ooutro………………………………………………………………...…..12
Críticas ao existencialismo sartriano……………………………………...13
Conclusão…………………………………………………………………14
Bibliografia………………………………………………………………..15

Introdução

Ao longo deste trabalho, vou tratar e explorar o tema o sentido da vida, bem como o ponto de vista do filósofo Jean-Paul Sartre sobre esse mesmo tema.

As acepções do termo sentido:
O termo sentido ébastante utilizado no nosso quotidiano, em diversas situações e com sentidos distintos.
Já na Filosofia, o termo sentido é essencialmente utilizado na Lógica, sobretudo na filosofia da linguagem. Mas a razão pela qual vou mencionar e reflectir sobre este termo não tem a ver com esse domínio. Pelo contrário, vou direccionar a minha atenção para a acção humana como um todo ou referente a cada indivíduo,vou procurar analisar uma preocupação radical do homem: a procura de sentido para o mundo, para a vida, em suma, para a sua existência.
Já pudemos comprovar que a acção humana nunca é gratuita, pelo contrário, é intencional, persegue objectivos e finalidades; ou seja, procura um sentido.
Assim, neste contexto, sentido significa propósito, objectivo, finalidade, e uma actividade tem sentidoquando lhe preside um objectivo que consideramos valioso, encontrando para ela uma boa justificação; serve para qualquer coisa que para nós é importante. Constatamos assim, que “sentido” se encontra ligado simultaneamente a propósito e a valor; uma actividade tem sentido se tiver um propósito, que queremos alcançar, é algo diferente da actividade que desenvolvemos para o atingir.
Mas, as finalidadesparticulares, temporárias, vão-se sucedendo e ligando entre si por um fim mais abrangente, que são os projectos de vida direccionados para um futuro mais próximo ou mais longínquo que funciona como referência, como uma orientação, que podemos começar por designar como existencial.

A vida e o sentido:
O homem é definido de diversas maneiras, procurando descreve-lo como homo sapiens, homo faber,mas qualquer destas classificações é incompleta e secundária porque não são mais do que características transitórias. É a vida de cada um, o ponto de partida para todas as definições e todas as buscas, já que esta é a realidade mais primária, não há nenhuma anterior.
Mas o viver do homem concretiza-se no mundo, não de uma forma predeterminada mas como abertura a múltiplas possibilidades, amúltiplos modos de ser e de viver. Viver é decidir o que vamos fazer no presente e no futuro. A vida não nos é dada já feita, mas tem se ser realizada por cada homem que não se pode limitar a ser espectador da sua existência mas autor desta: tem de a ir decidindo em todos os momentos.” Será aquilo que fizer de si” (Sartre)

A busca pelo sentido é uma característica do Homem porque é um ser que vive eque morre mas que tem consciência da sua vida e que o sentido é algo que procura e o persegue e que permanentemente lhe escapa porque está sempre em construção.

Biografia de Jean-Paul Sartre

Jean-Paul Charles Aymard Sartre nasceu em Paris no dia 21 de Junho de 1905 e faleceu em Paris no dia 15 de Abril de 1980. Sartre foi um filósofo francês, escritor e crítico, conhecido representante doexistencialismo. Acreditava que os intelectuais têm de desempenhar um papel activo na sociedade. Era também um artista militante e apoiou causas políticas de esquerda com a sua vida e a sua obra.
Repeliu as distinções e as funções oficiais e, por estes motivos, se recusou a receber o Nobel de Literatura de 1964. A sua filosofia dizia que no caso humano (e só no caso humano) a existência precede a...
tracking img