Jardins orientais

INTRODUÇÃO

Jardim é a representação idealizada da paisagem como cada civilização desejaria que ela fosse, um local dinâmico, que pode ser percebido pelos cinco sentidos, pode ser modificadocom o passar do tempo com a cultura, economia, política, estações do ano, porem a essência e a concepção estão sempre intactas. O Jardim é o local em que conseguimos sentir harmonia, encontramosbeleza, satisfação espiritual. Para nós Ocidentais, o jardim possui um caráter mais direcionado para o laser, para os orientais, o jardim possui um significado espiritual, em que é possível sentir atravésda natureza uma força maior. Neste trabalho, iremos apontar os elementos, locações e principais características dos Jardins Orientais: Japonês e Chinês, apontaremos as diferenças e as belezasindividuais de cada um.

JARDIM CHINES

O Jardim Chinês é irregular, assimétrico e misterioso. Não tem um eixo central nem um panorama geral. Sempre transmite ao visitante um encanto do seu segredocom um passeio variado. São combinações de diversos elementos como luzes, sombras, construções e plantas, procurando sempre um contato com a natureza. Há a presença de lagos, construçõescaracterísticas da cultura chinesa, muitas pedras de vários tamanhos e larguras, uma vegetação escura, com variedade de flores ornamentais e arbustos. Encontramos galerias, alojamentos, quiosques, mirantes,escadarias, pontes e morros pequenos. Para cada mudança de estação no ano, um novo encanto é desvendado.

Uma característica muito presente nos jardins Chineses são os desenhos de animais, deuses,em arbustos, lagos artificiais e naturais, com flores e pedras ornamentais aos redores. As pontes são bem constantes nas paisagens, atravessando os lagos, proporcionando as seus visitantes umadeslumbrante visão.

Um conceito de jardim romântico, delicada e refinada, que busca a naturalidade e a cultivação mental, a fusão entre a natureza e o homem. Um ambiente que procura realçar os...
tracking img