Janela unica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2465 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Praia, Cabo Verde (PANA) - Cabo Verde vai participar na implementação de uma "Janela Única" para o setor do Turismo em cinco províncias de Moçambique, no quadro de um protocolo de cooperação assinado recentemente, apurou a PANA segunda-feira de fonte autorizada.

O protocolo de cooperação e parceira para este projeto foi assinado sexta- feira última entre o Núcleo Operacional da Sociedade deInformação (NOSi) de Cabo Verde e o Ministério moçambicano do Turismo.

O NOSi, enquanto Agência para a Governação Eletrónica e Promoção da Sociedade de Informação em Cabo Verde, tem como atribuições e competências a promoção e execução de medidas de política que mobilizem a sociedade e os setores privado e público para o advento da sociedade de informação.

Neste sentido, esta instituiçãopública tem também a atribuição de implementar medidas que visem a modernização da estrutura organizacional da administração pública cabo-verdiana rumo à governação eletrónica.

Seis anos após a sua criação, o balanço dos trabalhos da NOSi demonstra uma contribuição inequívoca da instituição para a modernização do aparelho do Estado em Cabo Verde, segundo o seu gestor, Jorge Lopes.

A contribuiçãoda NOSi está igualmente presente na dinamização da sociedade civil na área da sociedade de informação e do conhecimento, desempenhando um papel muito ativo enquanto condutor direto de projectos fundamentais, disse.

Neste domínio, o gestor do NOSi destaca, entre outras ações, o Portal de Cabo Verde (Porton di nos ilha), a Casa do Cidadão, as certidões online, a implantação do Sistema Integrado deGestão Orçamental e Financeira (SIGOF), o Sistema de Informação Municipal e o Sistema da Previdência Social.

Várias iniciativas em torno dos objetivos de massificação do acesso e utilização da Internet de banda larga tais como os projetos Konekta e SNIAC, entre muitos outros, fazem igualmente parte das suas ações.

O NOSi tenciona agora colocar a experiência adquirida com a implementaçãodessas ações ao serviço de outros países africanos, nomeadamente os de língua oficial portuguesa, como acontece agora com a Moçambique.

Fonte: Panapress http://www.zwelangola.com/ler.php?id=2004

Cabo Verde vai participar na implementação de uma "Janela Única" para o sector do Turismo em cinco províncias de Moçambique, resultado da recente assinatura de um protocolo de cooperação entre o NOSi eo Ministério moçambicano do Turismo.

O NOSi, enquanto Agência para a Governação Eletrónica e Promoção da Sociedade de Informação em Cabo Verde, tem como atribuições e competências a promoção e execução de medidas de política que mobilizem a sociedade e os sectores privado e público para o advento da sociedade de informação.
Agora o NOSi tenciona colocar a experiência adquirida com aimplementação dessas acções ao serviço de outros países africanos, nomeadamente os de língua oficial portuguesa, como acontece agora com Moçambique.
O protocolo de cooperação e parceria para este projecto foi assinado este mês entre o Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (NOSi) de Cabo Verde e o Ministério moçambicano do Turismo.

http://asemana.sapo.cv/spip.php?article53914

Cabo Verdeapoia implementação de "Janela Única" em Moçambique

O NOSi tenciona agora colocar a experiência adquirida com a implementação dessas ações ao serviço de outros países africanos, nomeadamente os de língua oficial portuguesa.

Da Redação
Portugal Digital

|Cabo Verde vai participar na implementação de uma "Janela Única" para o setor do Turismo em cinco províncias de |
|Moçambique,no quadro de um protocolo de cooperação assinado recentemente. |
|O protocolo de cooperação e parceira para este projeto foi assinado em 11 de junho, entre o Núcleo Operacional da |
|Sociedade de Informação (NOSi) de Cabo Verde e o Ministério moçambicano do Turismo. |
|O NOSi, enquanto Agência para a...
tracking img