J2ee

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3422 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

Java Plataform, Enterprise Edition 2
Nomenclatura 2
Descrição 2
Containers ou API 2
Principais padrões J2EE p/ a construção de aplicações não distribuidas 3
1 Introdução 3
2 Padrões de projeto 6
2.1 Arquitetura dividida em camadas 7
2.2 Model-View-Controller 8
2.3 Front Controller 10
2.4 View Helper 11
2.5 Value Object 14
2.6 Data Access Object 14
2.7Business Delegate 15
2.8 Service Locator 16
2.9 Composite View 16
3 Estratégias 19
3.1 Controle de transações 18
3.2 Exposição desnecessária de estrutura de dados 20
3.3 Restringindo acesso às páginas JSP 22
3.4 Validação 22
4 Conclusão 23
5 Bibliografia 23












Java Platform, Enterprise Edition

Java Platform, Enterprise Edition (ou Java EE, ou EE, ou emportuguês Java Edição Empresarial) é uma plataforma de programação para servidores na linguagem de programação Java.
Nomenclatura
A plataforma inicialmente era conhecida por Java 2 Platform, Enterprise Edition ou J2EE, até ter seu nome trocada para Java EE na versão 5.0, posteriormente foi chamada de Java EE 5. A versão atual é chamada de Java EE 6.

Descrição

A Plataforma Java (EnterpriseEdition) difere-se da Plataforma Java Standard Edition (Java SE) pela adição de bibliotecas que fornecem funcionalidade para implementar software Java distribuído, tolerante a falhas e multi-camada, baseada amplamente em componentes modulares executando em um servidor de aplicações. A plataforma Java EE é considerada um padrão de desenvolvimento já que o fornecedor de software nesta plataforma deveseguir determinadas regras se quiser declarar os seus produtos como compatíveis com Java EE. Ela contém bibliotecas desenvolvidas para o acesso a base de dados, RPC, CORBA, etc. Devido a essas características a plataforma é utilizada principalmente para o desenvolvimento de aplicações corporativas.
A plataforma J2EE contém uma série de especificações e containers, cada uma com funcionalidadesdistintas.
Containers ou API
• JDBC (Java Database Connectivity), utilizado no acesso a bancos de dados;
• Servlets, são utilizados para o desenvolvimento de aplicações Web com conteúdo dinâmico. Ele contém uma API que abstrai e disponibiliza os recursos do servidor Web de maneira simplificada para o programador.
• JSP (Java Server Pages), uma especialização do servlet que permite queconteúdo dinâmico seja facilmente desenvolvido.
• JTA (Java Transaction API), é uma API que padroniza o tratamento de transações dentro de uma aplicação Java.
• EJBs (Enterprise Java Beans), utilizados no desenvolvimento de componentes de software. Eles permitem que o programador se concentre nas necessidades do negócio do cliente, enquanto questões de infra-estrutura, segurança,disponibilidade e escalabilidade são responsabilidade do servidor de aplicações.
• JCA (Java Connector Architecture), é uma API que padroniza a ligação a aplicações legadas.
• JPA (Java Persistence API), é uma API que padroniza o acesso a banco de dados através de mapeamento Objeto/Relacional dos Enterprise Java Beans.

Principais padrões J2EE para a construção de aplicações não distribuídas1- Introdução
A plataforma Java J2EE (Java 2 Enterprise Edition) surgiu com o objetivo de padronizar e simplificar a criação de aplicações empresariais. Para isso, propõe um modelo onde componentes J2EE (páginas JSP, Servlets, EJB's, etc) escritos pelos usuários da plataforma, podem fazer uso de serviços providos por esta, os quais simplificam sua implementação e possibilitam maior foco nonegócio [SINGH02].

Um diferencial significativo na arquitetura proposta para a plataforma J2EE foi a iniciativa de enfatizar a utilização de padrões de projetos. Tais padrões trazem inúmeras vantagens na modelagem e implementação de um software:

• Possibilidade de projetar soluções mais rapidamente e com qualidade já que os padrões são soluções comprovadamente eficientes para problemas já...
tracking img