Iv torneio estadual de futebol de campo infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1691 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DEPARTAMENTO DE ESPORTES DA FEGAM-RS

IV TORNEIO ESTADUAL DE FUTEBOL DE CAMPO

INFANTIL


EDIÇÃO 2013



REGULAMENTO
1


I – DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

ARTIGO 1º - O IV TORNEIO ESTADUAL DE FUTEBOL DE CAMPO INFANTIL – EDIÇÃO 2013, será promovido, organizado e dirigido pela FEGAM-RS, através do seu DEPARTAMENTO DE ESPORTES, enquanto a realização será da UAMCA-UNIÃODE ASSOCIAÇÔES DE MORADORES DE CANOAS, com jogos a serem disputados no município de de CANOAS, nos dias 19 e 20 de janeiro de 2013.

ARTIGO 2º - O IV TORNEIO ESTADUAL DE FUTEBOL DE CAMPO INFANTIL – EDIÇÃO 2013, será disputado por equipes do estado do Rio do Grande do Sul.

§ ÚNICO - A participação das equipes se dará desde que representem as Associações de Moradores e a União deAssociações de Moradores do município a qual pertençam.

ARTIGO 3º - A idade máxima permitida para a participação de atletas, sno IV TORNEIO DE FUTEBOL DE CAMPO INFANTIL – EDIÇÃO 2013, será de quinze (15) anos a completar no ano da competição (nascidos em 1998), e não será permitida participação de atletas nascidos após o ano de 2000.
ARTIGO 4º - O IV TORNEIO ESTADUAL DE FUTEBOL DE CAMPO INFANTIL –EDIÇÃO 2013, será disputado no máximo por dezesseis (16) equipes , dipostas em quatro (04) chaves , jogando todas contra todas, nas chves.

- VC(CH/1) X 2º (CH/4) = J 1,
- VC(CH/ 4) X 2º ( CH/1) = J 2,
- VC(CH/ 2) X 2º ( CH/3) = J 3,
- VC(CH/ 3) X 2º ( CH/2) = J 4,
- VENCEDORES DAS DUAS SEMIFINAIS
- PERDEDORES DAS DUAS SEMIFINAIS
- GRANDE FINAL
II – DOS JOGOS
ARTIGO 5º - A VITÓRIAclassifica o vencedor, em caso de EMPATE, será apurado tanto o VENCEDOR como o PERDEDOR, através de cinco (05) penalidades, caso continuem empatados, serão cobradas tantas penalidades tanto quanto forem necessárias, até que apure o VENCEDOR E PERDEDOR.
2

ARTIGO 6º - Os jogos serão disputados em dois tempos de quinze (15) minutos sem intervalo, invertendo a posição em campo( troca degoleiras).


ARTIGO 7º - Nos abrigos (casamatas) destinados a duas equipes, poderão por equipe, permanecerem sete (07) atletas reservas , comissão técnica ( treinador e massagista), as equipes poderão efetuar até cinco (05) substituições, não será permitido ficar nos abrigos (casamatas) o RESPONSÁVEL pelas equipes.


ARTIGO 8º - Por ocasião dos jogos, será permitido o ingresso epermanência dentro do alambrado, além das previstas no ARTIGO ANTERIOR, mais as seguintes pessoas, como segue:


a) – Um (01) mesário, quando identificado para os jogos a serem realizados;
b) – Encarregados de reposição de bolas (gandulas ), devidamente uniformizados;
c) – Maqueiros ( devidamente uniformizados), com a idade mínima de dezoito ( 18 anos);
d) – Fotógrafos de imprensa ereporteres esportivo de rádio e televisão, quando em serviço eidentificados no portão de acesso ao gramado, também fotografos das aquipes em jogo, desde que não excedam as suas funções:
e) – Componentes da Brigada Militarf, Guardas Municipais ou Seguranças Particulares, nas suas funções, todos devidamente uniformizados.

§ 1º - Os gandulas deverão ficar distribuidos ao redor do gramado;
§ 2º- Os maqueiros, com a maca e/ou carro maca, deverão estar posicionados ao lado da casamata destinada ao Mesário.

3

§ 3º - Fotográfos e reporteres esportivos de rádio e televisão deverão permanecer, no transcorrer da partida, atrás das linhas de metas e linhas laterais do campo, com uma distancia mínima de um (01 ) metro das mesmas ( compreende-se fora do campo de jogo.).Entretanto, osreferidos profissionais poderão deslocar-se livremente, antes, nintervalo e ao final dos jogos.

§ 4º - Durante o transcurso da partida, aos profissionais no parágrafo anterior é EXPRESSAMENTE PROIBIDA, sob qualquer pretexto, a invasão de jogo;

§ 5° - A Brigada Militar ficará posicionada de acordo com as normas de segurança do Comando Geral da Brigada Militar.

ARTIGO 9º - A arbitragem,...
tracking img