Iso/iec 9126

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3516 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário

1. A NORMA ISO/IEC 9126 3
1.1 ISO/IEC 9126-1: Modelo de Qualidade 4
1.1.1 Modelo de Qualidade para Qualidade Interna e Externa 4
1.1.2 Modelo de Qualidade para Qualidade em Uso 10
1.2 Métricas 14
1.2.1 ISO/IEC 9126-2: Métricas Externas 16
1.2.2 ISO/IEC 9126-3: Métricas Internas 20
1.2.3 ISO/IEC 9126-4: Métricas de Qualidade em Uso 22
2. Bibliografia 25

1. ANORMA ISO/IEC 9126

Em 1991, foi publicada a norma ISO/IEC 9126 contendo Características e sub- características que definem um produto de qualidade.
Em 1996, foi lançada sua tradução para o Brasil, chamada NBR 13596. Após ás revisões e sucessivas melhorias foram criadas divisões dessa norma:

· ISO/IEC 9126-1: Modelo de Qualidade;
· ISO/IEC 9126-2: Métricas Externas;
· ISO/IEC 9126-3:Métricas Internas;
· ISO/IEC 9126-4: Métricas de Qualidade em Uso.

A norma ISO/IEC 9126-1 apresenta um conjunto de características que definem um modelo de qualidade e podem ser aplicadas a qualquer produto de software. Esse modelo de qualidade é formado por duas partes: o Modelo de Qualidade Interna e Externa e o Modelo de Qualidade em Uso.
Para realizar a avaliação das características de qualidadeexterna são utilizadas as métricas externas, ou seja, medições baseadas nas necessidades do usuário, descritas na ISO/IEC 9126-2 (Figura 7c). Para a avaliação das características de qualidade interna são utilizadas as métricas internas, descritas na ISO/IEC 9126-3 (Figura 7d) e a norma ISO/IEC 9126-4 define métricas para a avaliação das características de qualidade em uso.

1.1 ISO/IEC 9126-1:Modelo de Qualidade

Apresenta um conjunto de características que definem um modelo de qualidade e podem ser aplicadas a qualquer produto de software.
Este modelo de qualidade é composto por duas etapas dos quais:
1.1.1 Modelo de Qualidade para Qualidade Interna e Externa

Qualidade interna: É a soma de características do produto de software na visão interna, usado para especificar aspropriedades do produto de software intermediário.
Qualidade externa: É a totalidade de características do produto de software do ponto de vista externo, ou seja, e a qualidade que normalmente é avaliada quando o produto de software final está sendo testado.
O modelo de qualidade para qualidade interna e externa possui as definições de seis características básicas que um produto de software deveter para ser considerado um software de qualidade vejamos abaixo:

Cada característica e subcaracterística estão detalhadas na sequencia:
A funcionalidade descreve um conjunto de atributos que evidenciam a existência de um conjunto de funções, que satisfazem as necessidades explícitas ou implícitas, e suas propriedades especificadas. Suas subcaracterísticas são:
1. Adequação: “Atributos dosoftware que evidenciam a presença de um conjunto de funções e sua apropriação para as tarefas especificadas”;
2. Acurácia: “Atributos do software que evidenciam a geração de resultados ou efeitos corretos ou conforme acordados”;
3. Interoperabilidade: “Atributos do software que evidenciam sua capacidade de interagir com sistemas específicos”;
4. Conformidade: “Atributos do softwareque fazem com que ele esteja de acordo com as normas, convenções ou regulamentações previstas em leis e descrições similares relacionadas à aplicação”;
5. Segurança de acesso: “Atributos do software que evidenciam sua capacidade de evitar o acesso não autorizado, acidental ou deliberado, a programas e dados”.
A confiabilidade possui um conjunto de atributos que evidenciam a capacidade dosoftware de manter seu nível de desempenho sob condições estabelecidas durante um período de tempo estabelecido. As suas subcaracterísticas básicas são:
1. Maturidade: “Atributos do software que evidenciam a frequência de falhas ou defeitos no software”;
2. Tolerância a falhas: “Atributos do software que evidenciam sua capacidade em manter um nível de desempenho especificado nos casos de...
tracking img