Investimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3932 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA

ALINE CHAVES
GLEYCA ROBERTA
LOUZEANE NAYARA
LUAN BRUNO
RAFAEL SILVA

EMPREENDEDORISMO

SÃO PAULO
2012
UNIVERSIDADE ANHANGUERA

ALINE CHAVES
GLEYCA ROBERTA
LOUZEANE NAYARA
LUAN BRUNO
RAFAEL SILVA

EMPREENDEDORISMO

Apresentamos a atividade prática supervisionada
ao professor César Mangabeira docente da
Universidade Anhanguera, como requisitoparcial
à obtenção de parte da nota necessária para conclusão
do curso.

SÃO PAULO
2012

ALINE CHAVES
GLEYCA ROBERTA
LOUZEANE NAYARA
LUAN BRUNO
RAFAEL SILVA

ANÁLISE DE INVESTIMENTOS

Apresentamos a atividade prática supervisionada
ao professor César Mangabeira, docente da
Universidade Anhanguera, como requisito parcial
à obtenção de parte da nota necessária para conclusão
docurso.

Aprovado em de de 2012

Professor Responsável
__________________________________________________

César Mangabeira

ÍNDICE
Resumo 05
Conceito de Investimento 06
Tipos de Investimentos 06
Principais aplicações financeiras 06
Importância dos Investimentos 07
Definição do Negócio 07
Elaborando os gastos 08
Técnicas paraanálise de investimentos 11
Bibliografia 16

RESUMO
Esse trabalho apresenta uma abordagem sobre o conceito de empreendedorismo, analisa o processo empreendedor e todo o processor empreendedor desde a busca pela oportunidade até o desenvolvimento do plano de negócios.
Para a demonstração prática do processo ora abordada, é apresentado um exemplo real de um possível investimentoonde foi montado o plano de negócios e análise de custos, investimentos e organogramas.

ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISADA BASEADA NA LITERATURA DE JOSÉ DORNELAS - EMPREENDEDORISMO
No Brasil, o conceito começou a ganhar forças no final dos anos 90, pois, segundo uma pesquisa feita pelo SEBRAE, via-se que as maiorias das empresas não conseguiam sobreviver até o seu quinto ano de vida, o queacarretava em um grande número de falências. Tendo em vista que, a maior parte dos negócios que movimentam a economia global é comandada por micro investidores, e que na maioria das vezes atuam sem planejamento ou sem algum tipo de preparo para dar continuidade nos negócios, criou-se a preocupação e consequentemente a necessidade de desenvolver pesquisas, estudos e programas de incentivo aos microsinvestidores para tentar diminuir a alta taxa de mortalidade das empresas com menos de cinco anos de vida.
Um dos pioneiros em desenvolver estudos e programas de incentivo – o SEBRAE – fez diversas pesquisas, onde foi possível mapear o cenário brasileiro de empreendedorismo e com base nesses estudos, desenvolver projetos de incentivos em parceria com o Governo Federal e outros órgãos interessados.1. O empreendedorismo

Em todas as definições existentes sobre o empreendedorismo, encontram-se pelo menos quatro característica comum:
* Iniciativa para criar um novo negócio;
* Paixão pelo que faz;
* Criatividade para transformar o ambiente onde vive;
* Assume riscos calculados e a possibilidade de fracassar
Portanto, podemos dizer que: o empreendedorismo é o envolvimentode pessoas e processos que, em conjunto levam a transformação de idéias em oportunidades, e consequentemente em negócios de sucesso. O empreendedor identifica a oportunidade e cria um negócio para capitalizar e criar valores para a sociedade, sempre assumindo riscos calculados sem abrir mão dos seus sonhos.
Segundo o projeto GEM – Global Entrepreneurship Monitor existem dois tipos deempreendedorismo: o empreendedorismo de oportunidade, principal meio de crescimento em países desenvolvidos, onde o empreendedor cria uma empresa a partir de um planejamento prévio, e o empreendedorismo por necessidade, comum em países subdesenvolvidos, onde o negócio é criado por empreendedores que precisam de dinheiro e geralmente não planejam bem os negócios.
O empreendedor e o administrador possuem...
tracking img