Investigação de acidente de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2461 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ
CENTRO TECNOLÓGICO
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO

“INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO”

Chapecó – SC, abril de 2006.

SUMÁRIO

1 – INTRODUÇÃO 1

2 - MÉTODO PARA INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES 1

2.1 - Acidente com queda de andaime sobre cavaletes 1
2.1.1 - Descrição do acidente 1
2.1.2 - Fatoresque se destacam na situação de trabalho “sem acidente” 1
2.1.3 - Fatores que diferenciaram da situação de trabalho “sem acidente” para a situação de trabalho “com acidente” 1
2.1.4 - Método para identificação de tipo de erros humanos 1
2.1.5 - Avaliação das causas 1
2.1.6 - Medidas corretivas 1

2.2 - Acidente com roçadeira mecânica 1
2.2.1 - Descrição do acidente 1
2.2.2- Fatores que se destacam na situação de trabalho “sem acidente” 1
2.2.3 - Fatores que diferenciaram da situação de trabalho “sem acidente” para a situação de trabalho “com acidente” 1
2.2.4 - Método para identificação de tipo de erros humanos 1
2.2.5 - Avaliação das causas 1
2.2.6 - Medidas corretivas 1

3 - CONSIDERAÇÕES FINAIS 1

4 - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1

ANEXO 1- CAT – ACIDENTE COM QUEDA DE ANDAIME 1

ANEXO 2 - CAT – ACIDENTE COM ROÇADEIRA 1

ANEXO 3 - FOTOS ACIDENTE COM ROÇADEIRA 1

1 – INTRODUÇÃO

Inicialmente, pode-se afirmar que predomina, a compreensão de que o acidente é um evento simples, com origens em uma ou poucas causas, encadeadas de modo linear e determinístico. Sua abordagem privilegia a idéia de que os acidentesdecorrem de falhas dos operadores (ações ou omissões), de intervenções em que ocorre desrespeito à norma ou prescrição de segurança, enfim, "atos inseguros" originados em aspectos psicológicos dos trabalhadores. Os comportamentos são considerados como frutos de escolhas livres e conscientes por parte dos operadores, ensejando responsabilidade do indivíduo. A dimensão coletiva aparece associada com noçãode cultura de segurança, compreendida como soma dos comportamentos dos indivíduos.

A ocorrência de acidentes do trabalho costuma trazer à tona a face existencial, a técnica e a jurídica. Ou seja, simultaneamente ao drama existencial que produz para vítimas, familiares e pessoas próximas, os acidentes costumam ser seguidos de iniciativas técnicas visando a compreensão de suascausas e podem ensejar ações também na esfera judicial.

No Brasil, parte dos acidentes do trabalho que resultam em morte e lesões aos trabalhadores é objeto de investigação pelos órgãos da Secretaria de Segurança Pública (Polícia Civil). No entanto, a despeito de sua importância no que tange a iniciativas de responsabilização civil e penal, essas investigações têm sido pouco exploradasenquanto fonte de informações sobre os acidentes do trabalho graves e fatais.

O estudo trata da investigação de acidente do trabalho através da identificação do que mudou no sistema – em comparação com o seu funcionamento sem acidente – e continuar a exploração até a localização das condições do sistema ou, mais precisamente, das interações entre seus componentes técnicos e sociaisque permitiram a origem dessas mudanças, com o auxílio do método de investigação do tipo de erro humano do artigo de Costella et.al (2005).

2 - MÉTODO PARA INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES

2.1 - Acidente com queda de andaime sobre cavaletes

2.1.1 - Descrição do acidente

No dia 27 de janeiro de 2006, por volta das 11:30 de uma sexta-feira, após uma jornada de trabalho de trêshoras, o acidente aconteceu no canteiro de obras da Empresa “A” localizado na E.E.B. Hélio Lentz Puerta na cidade de Bom Jesus/Santa Catarina, o funcionário Graciliano Tosetto Gregolin estava colocando o forro do beiral na ala 02 da ampliação da edificação. A altura do piso acabado até a rede de madeira para a colocação do forro era de 3,10m, sendo assim para executar tal tarefa foi necessário...
tracking img