Introdução ao jogo e as suas regras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (920 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva
Mestrado Saude Coletiva

Aluna: Lucélia de AbreuRESENHA

Filosofia da Ciência : A introdução ao Jogo e as suas regras


Rubem Alves –É graduado e mestre em Teologia com Doutorado emFilosofia, possui também graduação em psicanálise e é professor emérito da Universidade Campinas – UNICAMP.
Alves,Rubem-Filosofia da Ciência: introdução ao jogo e suas regras.9 ed.São Paulo,EditoraLoyola,2005.

Em filosofia da Ciência: Introdução ao jogo e as suas regras, o autor ao propor desmistificar a ciência usa imagens e situações do cotidiano ,objetivando mostrar que existeuma continuidade entre o senso comum e o pensamento científico e que o paralelo traçado entre eles defende que não há submissão deste àquela . Afirma que a ciência é uma metamorfose do senso comum, oresultado do conhecimento progressivo a partir deste . Sem ele, ela não pode existir. Afirma que esta é a razão porque não existe nela nada de misterioso e que ser bom em ciência ,como ser bom nosenso comum,não é saber soluções e respostas já dadas, é ser capaz de inventar soluções novas. O senso comum e a ciência são expressões da mesma necessidade básica , a necessidade de compreender omundo , a fim de viver melhor e sobreviver. Defende que ”O cientista virou um mito e todo mito é perigoso , porque ele induz o comportamento e inibe o pensamento.
A obra é dividida em onzecapítulos, que vai gradativamente, apresentando ao leitor o mundo da ciência, em um raciocínio bem estruturado, lógico e principalmente didático. Ao longo dos temas tratados, são inseridos exemplos,questionamentos e jogos, de forma interativa. Também sobressaem as críticas, comparações entre pensadores e cientistas e as conclusões a que conduz o raciocínio desenvolvido.
Apresenta que a...
tracking img