Introdução ao canon

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3466 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Este trabalho fala sobre um dos,mas antigos escritos, sobre o relato deixados pelos grandes homens de Deus inspirados pelo Espírito Santo.

Veremos como foi divididos e transformados em livros da Bíblia Sagrada. A intenção deste trabalho e trazer o conhecimento dos mais poderosos e Divinos escritos de homens inspirados por Deus.O assunto sobre o Canon tem muito mas coisas do que relatados neste trabalho, temos aqui somente alguns dos principais pontos do começo do Canon sagrado.

Cânon ou Escrituras canônicas; é a coleção completa dos livros divinamente inspirados, que constituem a Bíblia. . Ela mesma relata como, mediante o Espírito Santo, os homens receberam advertências, reprovações,conselhos e instruções, em assuntos de nenhum modo relativos à outorga das Escrituras. E faz-se menção de profetas de épocas várias, de cujos discursos nada há registrado. Semelhantemente, após a conclusão do cânon das Escrituras, o Espírito Santo deveria ainda continuar a Sua obra, esclarecendo, advertindo e confortando os filhos de Deus.
Cânon é palavra grega, e significa, literalmente,“vara reta de medir”, assim como uma régua de carpinteiro. No Antigo Testamento, o termo aparece no original em passagens como Ezequiel 40.5: “Vi um muro exterior que rodeava toda a casa e, na mão do homem, uma cana de medir, de seis côvados, cada um dos quais tinha um côvado e um palmo; ele mediu a largura do edifício, uma cana, e altura, uma cana.”

No sentido religioso, cânon não significaaquilo que mede, mas aquilo que serve de norma. Com este sentimento, a palavra cânon aparece no original em vários lugares do Novo Testamento:

“E a todos quantos andarem de conformidade com esta regra, paz misericórdia sejam sobre eles e sobre Israel de Deus” (Gl 6.16).

A Bíblia, como cânon sagrado, é a nossa norma ou regra de fé e pratica. Diz-se dos livros da Bíblia que são canônicospara diferenciá-los dos apócrifos. O emprego do termo cânon foi primeiramente aplicado aos livros da Bíblia por Orígenes (185-254 d.c).

CÂNON DO ANTIGO TESTAMENTO

Os manuscritos originais do A.T. e suas primeiras cópias foram escritos em pergaminhos ou papiro, desde o tempo de Moisés (c. 1450 AC) até o tempo de Malaquias (400 AC).

Muitos séculos antes de Cristo, escribas,sacerdotes, profetas, reis e poetas do povo hebreu mantiveram registros de sua história e de seu relacionamento com Deus. Estes registros tinham grande significado e importância em suas vidas e, por isso, foram copiados muitas e muitas vezes e passados de geração em geração.
Com o passar do tempo, esses relatos sagrados foram reunidos em coleções conhecidas por A Lei, Os Profetas e As Escrituras.Esses três grandes conjuntos de livros, em especial o terceiro, não foram finalizados antes do Concílio Judaico de Jamnia, que ocorreu por volta de 95 d.C. A Lei continha os primeiros cinco livros da nossa Bíblia. Já Os Profetas, incluíam Isaías, Jeremias, Ezequiel, os Doze Profetas Menores, Josué, Juízes, 1 e 2 Samuel e 1 e 2 Reis. E As Escrituras reuniam o grande livro de poesia, os Salmos, alémde Provérbios, Jó, Ester, Cantares de Salomão, Rute, Lamentações, Eclesiastes, Daniel, Esdras, Neemias e 1 e 2 Crônicas.
Os livros do Antigo Testamento foram escritos em longos pergaminhos confeccionados em pele de cabra e copiados cuidadosamente pelos escribas Geralmente, cada um desses livros era escrito em um pergaminho separado, embora A Lei freqüentemente fossem copiada em doisgrandes pergaminhos. O texto era escrito em hebraico - da direita para a esquerda - e, apenas alguns capítulos, em dialeto aramaico.
Hoje se tem conhecimento de que o pergaminho de Isaías é o mais remoto trecho do Antigo Testamento em hebraico. Estima-se que foi escrito durante o Século II a.C. e se assemelha muito ao pergaminho utilizado por Jesus na Sinagoga, em Nazaré. Foi descoberto em 1947,...
tracking img