Introdução à terapias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 149 (37087 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
 
Introdução
 
Em nossa prática na terapia de família fundamentada na Abordagem Centrada na Pessoa (ACP), sentimos constante necessidade de um maior aprofundamento teórico, nas questões relativas especificamente à área de terapia de família e a novos recursos que venham enriquecer nossa atuação, dado o escasso material encontrado sobre o assunto.
É cada vez maior a procura por terapia defamília pelos mais diferentes motivos. As famílias chegam a nós por indicação das escolas, de outros profissionais de saúde, de profissionais de justiça, de associações comunitárias ou mesmo, por iniciativa própria.
Acreditamos que este fato esteja ocorrendo pela diversidade dos arranjos familiares nos dias de hoje. Por um lado, as famílias não se conformam mais em seguir um padrão pré-estabelecido.Por outro, não sabem como estabelecer um modelo próprio e integrado, que permita respeitar tanto suas diferenças individuais quanto sua unidade enquanto grupo familiar.
Para aprofundar a reflexão sobre este tema com maior consistência, além da conexão entre a fundamentação teórica da Abordagem Centrada na Pessoa (ACP) e de alguns pressupostos da Terapia Sistêmica de Família de Segunda Ordem (TSF),sentimos a necessidade de buscar informações em outros campos da ciência. No campo da antropologia, sobre o que tem sido os grupos familiares, assim como no campo da biologia, em suas idéias atuais sobre o funcionamento dos seres vivos. Precisamos também refletir sobre as questões de gênero, culturais, políticas e sociais. Precisamos compreender, a partir de suas origens e complexidade, estafamília contextualizada no momento presente.
No intuito de nos habilitarmos a uma compreensão ampliada e flexível sobre o conceito de grupo familiar utilizamos diferentes leituras para, a partir daí, construir um aprofundamento teórico que ofereça suporte adequado ao trabalho e às necessidades do terapeuta na realização do mesmo.
Material relacionado à terapia de família dentre os autores da ACP édificilmente encontrado. Mesmo Carl R. Rogers, muito pouco se dedicou a este tema específico. Fala sobre família em alguns artigos ou capítulos de livro mas não sobre o trabalho terapêutico com famílias. Em nenhum momento se dedica ao estudo detalhado deste grupo que é tão singular. O que percebemos em seus seguidores, é a transferência da utilização de suas habilidades como terapeutas individuais efacilitadores de grupo para o trabalho com famílias. E é necessário ressaltar a grande diferença existente entre a facilitação de um grupo que se inicia junto com a participação do facilitador e a "chegada" do facilitador em um grupo que além de já possuir uma história anterior bastante específica, continuará tecendo sua história posterior.
Desta maneira o interesse neste aprofundamento deve-seà escassez de material sobre o referido tema e à necessidade de atualizar a teoria em si, no que se refere ao atendimento às famílias. Torna-se primordial conquistar maior liberdade de atuação e utilização de novos recursos, desde que coerentes com os princípios fundamentais da ACP e com as necessidades do mundo atual, no qual tanto as famílias quanto os terapeutas econtram-se inseridos.Acreditando que o pensamento da terapia de família que se utiliza do referencial sistêmico de segunda ordem, assim como as contribuições de Maturana, são críticas para uma maior compreensão da teoria da Abordagem Centrada na Pessoa neste campo, o presente estudo propõe uma aproximação entre as duas correntes teóricas construindo uma conexão coerentemente fundamentada. Para tal, pretende evidenciar seuspontos de contato. Pretende também apontar terminologias diferentes em relação a conceitos semelhantes, reorganizando estes em uma nova leitura e propondo a absorção dos recursos de ambas TSF e ACP, buscando a possibilidade de convivência e interação entre contribuições teóricas de diferentes abordagens, com o objetivo de ampliar e enriquecer a visão e atuação do terapeuta de família.
Como...
tracking img