Introdução à filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 66 (16408 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA/UFSM CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS/CCSH GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO II PROFA. DR. ELISETE M. TOMAZETTI

ELABORAÇÃO DE ATIVIDADES DE FILOSOFIA

ATIVIDADES DE INTRODUÇÃO À FILOSOFIA E FILOSOFIA POLÍTICA

ACADÊMICOS: Ariana, Camila, Lisiane, Mateus, Rafael A. e Tânia.

Santa Maria, RS, Brasil 2009

1. INTRODUÇÃO ÀFILOSOFIA

1.1 O QUE É FILOSOFIA?

Etimologia - origem da palavra: Philia = amizade Sophia = sabedoria, conhecimento. “Nós, [homem comum] que vivemos aqui, somos os bichinhos microscópicos que vivem na base dos pêlos do coelho. Mas os filósofos tentam subir da base para a ponta dos finos pêlos, a fim de poder olhar bem dentro dos olhos do grande mágico.” A partir da citação acima, escreva o quevocê compreendeu sobre a diferença entre o “homem comum” e o filósofo.

No livro O Mundo de Sofia, Jostein Gaarder expõe uma situação figurativa para explicar o que é ser filósofo e o que o diferencia do “homem comum”. Para tanto, ele nos trás o exemplo de um mágico que retira de sua cartola um coelho que simboliza o mundo. Nos pêlos desse coelho existem “bichinhos microscópicos”, alguns residemna base dos pêlos, são os homens comuns, ou seja, pessoas que estão costumadas com o mundo em que vivem, estão na escuridão da base dos pêlos, não se perguntam sobre o mundo e estão acomodadas no conforto da pelagem do coelho, aceitando, assim, as coisas como são. Elas não se questionam, portanto, por que as coisas não são diferentes do que se apresentam a elas, tendo como verdades,principalmente, o que vêem e o que ouvem. O filósofo, por sua vez, sobe da base para as pontas dos pêlos do coelho em busca da iluminação do conhecimento que lhe permite questionar o mundo em que vive, ou seja, a filosofia existe para fazer questionamento que os “homens comuns” não fazem.

2

Perguntas do “Homem comum” Que horas são? Ele está sonhando. Maria ficou maluca. Onde há fumaça, há fogo. As floressão bonitas. Você é um mentiroso!

Perguntas do Filósofo O que é o tempo? O que é sonho? O que é a loucura? O que é causa? O que é efeito? O que é o belo? O que é a verdade? O que é o erro? O que é a mentira?

Fazer perguntas como as citadas a cima diz respeito à atitude da filosofia. Com estas perguntas ela quer investigar conceitos, abordando-os de forma crítica e reflexiva.

OBSERVAÇÃO:fazer perguntas filosóficas NÃO é função exclusiva de quem tem graduação em filosofia, qualquer pessoa pode filosofar, porém, nem tudo é filosofia. Um dos passos para nos tornarmos filósofos é começar ver o mundo de outra forma, ou seja, não apenas fazer afirmações, mas ir além, fazendo destas afirmações verdadeiros questionamentos filosóficos. EXERCÍCIO: Partindo do que você compreendeu e dareportagem abaixo, encontre possíveis perguntas filosóficas:

3

1.2 DEFINIÇÕES ACERCA DO CONCEITO DE FILOSOFIA

Muitos filósofos definiram o que é filosofia. Vejamos alguns: “A verdadeira filosofia é reaprender a ver o mundo”. Merleau - Ponty. “A filosofia é uma batalha contra o enfeitiçamento de nossa inteligência por meio da linguagem” Ludwig Wittgenstein. “Não devemos fingir fazerfilosofia, e sim realmente faze-la; pois precisamos não da aparência de saúde, mas de saúde verdadeira”. Epicuro. “Não se aprende filosofia, mas a filosofar” Kant. “A tarefa da filosofia é entender o que é, pois o que é é a razão”. Hegel. “Os filósofos se limitaram a interpretar o mundo de diferentes maneiras; mas o que importa é transformá-lo”. Karl Marx.

REFLITA: Baseado no que já foi dito em aula enas definições citadas acima: O que é filosofia? O que não é filosofia? Para que serve a filosofia?



cartaz. (o que é filosofia, o que não é filosofia, conceitos que podem ser explicados pela filosofia). 4

TRABALHO EM GRUPO: Distribuir a cada grupo um quebra-cabeça de figuras. Deixar com que os grupos se divirtam e tentem montar o quebra-cabeça. Posteriormente, o professor em conjunto...
tracking img