Introdução à avaliação económica

Páginas: 16 (3801 palavras) Publicado: 27 de novembro de 2010
UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO

DEEC / Secção de Energia

Energias Renováveis e Produção Descentralizada

INTRODUÇÃO À AVALIAÇÃO ECONÓMICA DE INVESTIMENTOS

Rui M.G. Castro
(Com base num texto original de Domingos Moura)

Março de 2003 (edição 0)

NOTA PREAMBULAR

O texto que se segue baseia-se no Volume 2 “Critérios para Avaliação dos Investimentos”publicado em 1996 na colecção “Novas Tecnologias para a Produção de Energia Eléctrica” pelo Professor Domingos Moura. Para a elaboração deste documento, o autor procedeu à revisão, actualização e adaptação do texto original, e juntou-se uma contribuição de elaboração própria.

Rui Castro rcastro@ist.utl.pt http://enerp4.ist.utl.pt/ruicastro

ÍNDICE

1. 2. 3. 4.

INTRODUÇÃO CUSTO UNITÁRIOMÉDIO ANUAL TAXA DE ACTUALIZAÇÃO CUSTO UNITÁRIO MÉDIO ACTUALIZADO
Encargos de investimento Encargos de exploração Produção acumulada Custo unitário médio actualizado Modelo simplificado

1 2 3 7
8 9 10 10 10

4.1. 4.2. 4.3. 4.4. 4.5.

5.

INDICADORES DE AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTOS 12
Período de recuperação Taxa Interna de Rentabilidade (TIR) Valor Actual Líquido (VAL) Retorno do investimento(ROI) Tempo de retorno bruto 12 12 13 13 14

5.1. 5.2. 5.3. 5.4. 5.5.

6. 7.

FRONTEIRAS DE INTERESSE BIBLIOGRAFIA

15 19

Introdução

1

1.

INTRODUÇÃO
As oportunidades para usar o sol, o vento, a água, a madeira como fontes

energéticas são inúmeras. Todavia em cada caso é preciso avaliar a economia do empreendimento. Se a energia obtida se vier a revelar mais cara do que adas fontes clássicas, o uso da nova tecnologia fica desacreditado levando a opinião dos utilizadores (e atrás dela a opinião pública) a evoluir num sentido indesejável. Quando são possíveis diferentes soluções técnicas ou quando se oferecem várias oportunidades de investimento também é necessário avaliar os projectos para decidir qual ou quais deverão ser executados. É dos aspectos financeirosdessas avaliações que trata o presente texto. Tem-se a consciência de que este volume trata aspectos muito limitados da economia da energia; discutem-se apenas os temas que, em geral, mais interessam aos engenheiros que têm de analisar a viabilidade financeira de investimentos em instalações de produção descentralizada de energia eléctrica. Todavia o assunto é importante: a folgada viabilidadefinanceira dos empreendimentos é condição necessária para que a progressiva implantação das novas tecnologias da energia se faça de modo sólido e convincente.

Custo Unitário Médio Anual

2

2.

CUSTO UNITÁRIO MÉDIO ANUAL
Para calcular o custo unitário1 médio anual dividem-se as despesas anuais

Da (€) pela produção anual Ea (kWh). Deve precisar-se em que ponto do percurso energéticolongitudinal se mede a energia “produzida”: por exemplo no barramento de entrega à rede receptora. O custo assim calculado pode variar de ano para ano e não é suficiente para se avaliar o interesse de uma fonte de energia eléctrica. Todavia, é orientador da economia da produção num ano determinado. O custo c pode, com generalidade, ser explicitado pelo trinómio: Da i' It + c qqwEa + c dEa = Ea Ea i' I c= 01 + c qqw + c d ha em que: • • • • • • • • c: custo unitário médio anual (€/kWh) i’: encargos anuais referidos ao capital (pu) It: investimento total (€) cq: custo específico do calor (€/kcal) qw: consumo unitário de calor (kcal/kWh) cd: custos unitários diversos (€/kWh) I01: custo de investimento por quilowatt instalado (€/kW) ha: utilização anual da potência instalada (h)

c=

equação 11

Por custo unitário entende-se o custo de cada unidade de energia produzida.

Taxa de Actualização

3

3.

TAXA DE ACTUALIZAÇÃO
Para o fornecimento de energia eléctrica a uma rede, pública ou privada,

podem ser propostas diversas soluções, todas tecnicamente satisfatórias, mas com custos e sequências de saídas e entradas de dinheiro diferentes. Torna-se, portanto, necessário...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Avaliacao economica
  • Avaliação Economica
  • avaliação econômica de projetos
  • Metodo de projeto de avaliação econômica
  • Avaliação econômica de projetos sociais
  • Análise e avaliação econômica de capital
  • Avaliação econômica do projeto de processos
  • Avaliação Economica Slocial PEMD

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!