Interpretação dos sonhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 486 (121327 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A interpretação dos sonhos
(Primeira parte)

VOLUME IV
(1900)

DIE TRAUMDEUTUNG von Dr. SIGMUND FREUD

-------------------------------FLECTERE SI NEQUEO SUPEROS, ACHERONTA MOVEBO. --------------------------------

LEIPZIG UND WIEN. FRANZ DEUTICKE. 1900

---------------------------

2

INTRODUÇÃO

(2) BIBLIOGRAFIA

(a) EDIÇÕES ALEMÃS: 1900 Die Traumdeutung. Leipzig e Viena:Franz Deuticke. Págs. iv + 1909 2ª ed. (Ampliada e revista.) Mesmos editores. Págs. vii389. 1911 3ª ed. (Ampliada e revista.) Mesmos editores. Págs. x + 418. 1914 4ª ed. (Ampliada e revista.) Mesmos editores. Págs. x + 498. 1919 5ª ed. (Ampliada e revista.) Mesmos editores. Págs. ix + 474. 1921 6ª ed. (Reimpressões da 5ª ed., exceto pelo novo prefácio e 1922 7ª ed. bibliografia revista.) Págs. vii+ 478 1925 Vol. II e parte do Vol. III de Freud, Gesammelte Schriften. (Ampliada e revista.) Leipzig, Viena e Zurique: Internationaler 1-185. 1930 8ª ed. (Ampliada e revista.) Leipzig e Viena: Franz Deuticke. Págs. x + 435. Psychoanalytischer Verlag. Pág. 543 e pela 375

1942 Em volume Duplo II & III de Freud, Gesammelte Werke. ed.) Londes: Imago Publishing Co. Págs. xv e 1-642.(Reimpressão da 8ª

(b) TRADUÇÕES INGLESAS: 1913 Por A. A. Brill. London: George Allen & Co.; Nova Ioque: The Págs. xiii + 510. 1915 2ª ed. Londess; George Allen & Unwin; Nova Ioque: The xii + 510. 1932 3ª ed. (Completamente revista e em grande parte reescrita por colaboradores não especificados.) London: George Allen Macmillan Co. Pág. 600. vários Macmillan Co. Págs. Macmillan Co.

& Unwin; Nova Ioque:The

A Interpretação dos Sonhos I – Sigmund Freud

3

1938 Em The Basic Writings of Sigmund Freud. Págs. 181-549. (Reimpressão da 3ª e. com a omissão de quase todo o Capítulo I.) Nova Ioque: Random House.

A atual tradução para o inglês, inteiramente nova, é de James Strachey.

Na realidade, Die Traumdeutung apareceu pela primeira vez em 1899. Esse fato é mencionado por Freud no iníciode seu segundo artigo sobre Josef Popper (1932c): “Foi no inverno de 1899 que meu livro sobre a interpretação dos sonhos (embora sua página de rosto estivesse pós-datada com o novo século) finalmente surgiu diante de mim”. Mas agora temos informações mais exatas por sua correspondência com Wilhelm Fliess (Freud, 1950a). Em sua carta de 5 de novembro de 1899 (Carta 123), Freud anuncia que “ontem,finalmente, o livro apareceu”; e pela carta precedente parece que o próprio Freud recebera de antemão dois exemplares, cerca de uma quinzena antes, um dos quais enviara a Fliess como presente de aniversário. A Interpretação dos Sonhos foi um dos dois livros — Três Ensaios sobre a Teoria da Sexualidade (1950d) foi o outro — que Freud manteve mais ou menos sistematicamente “atualizados” à medidaque foram passando por suas edições sucessivas. Após a terceira edição da presente obra, as alterações nela feitas não foram indicadas de maneira alguma, o que produziu um efeito algo confuso sobre o leitor das edições posteriores, visto que o novo material às vezes implicava um conhecimento de modificações dos pontos de vista de Freud que datam de épocas muito posteriores ao período em que olivro foi originalmente escrito. Numa tentativa de superar essa dificuldade, os editores da primeira edição das obras completas de Freud (as Gesammelte Schriften) reimprimiram a primeira edição de A Interpretação dos Sonhos em sua forma original num só volume, e enfeixaram num segundo volume todo o material que fora acrescentado depois. Infelizmente, contudo, o trabalho não foi efetuado de modo muitosistemático, pois os próprios acréscimos não foram datados e, com isso, grande parte da vantagem do plano foi sacrificada. Nas edições subseqüentes, voltou-se ao antigo volume único e não diferenciado. O maior número de acréscimos versando sobre qualquer assunto isolado é constituído, sem dúvida, pelos que dizem respeito ao simbolismo nos sonhos. Freud explica, em sua “História do Movimento...
tracking img