Inteligenci emocional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1739 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Primeira Parte - O Cérebro Emocional
 
            As emoções nos homens primitivos, eram uma maneira de defesa, usada em situações onde o importante era se manter vivo. Assim, as emoções eram utilizadas para fazer o corpo agir rápido. O autor relaciona alguns movimentos do corpo com as emoções, por exemplo: na surpresa, o erguer de sobrancelhas proporciona mais luz para a retina e umavarredura visual mais ampla; no medo, a face fica lívida, por que o corpo proporciona mais sangue para as pernas correrem; etc.
 
            O nosso cérebro evoluiu mais que o dos animais, pelo fato de que a nossa sociedade é mais complexa. Assim, o nosso repertório de reações para emoções tem de ser mais complexo.
 
            As emoções (o nosso cérebro que sente) exercem enorme influência sobre anossa razão (o nosso cérebro pensante). Erasmo de Rotterdam, humanista do século dezesseis, escreveu sob a forma de sátira, sobre a tensão entre emoção e razão:
 
 Júpiter legou muito mais paixão que razão - pode-se calcular a proporção em 24 por um. Põs duas tiranas furiosas em oposição ao solitário poder da Razão: a ira e a luxúria. Até onde a Razão prevalece contra as forças combinadas dasduas, a vida do homem comum deixa bastante claro. A Razão faz a unica coisa que pode e berra até ficar rouca, repetindo fórmulas de virtude, enquanto as outras duas a mandam para o diabo que a carregue, e tornam-se cada vez mais ruidosas e insultantes, até que por fim sua Governante se exaure, desiste e rende-se.
 
 
***
 
            Sequestro Emocional: Segundo Daniel Goleman, existe umaramificação no cérebro que permite que as reações cheguem à amígdala antes de passar pelo cérebro pensante. Isto é, permite uma reação mais rápida, porém, impensada. Depois que o fato ocorre é que uma conclusão mais lógica é gerada. De acordo com pesquisas, num rato de laboratório, a rota mais curta (que não passa pelo cérebro pensante), leva cerca de 12 milissegundos para chegar à amígdala (que vaigerar uma reação). A rota que passa pelo cérebro pensante, leva pelo menos 2 vezes este tempo. As duas rotas são percorridas, mas a reação impensada ocorre antes.
            Daniel Goleman relaciona a importância das emoções mesmo no trabalho, onde parece que a lógica fria seria melhor. Pessoas que tiveram a ligação do cérebro emocional com o restante emocional, tiveram degradação no processodecisório, apesar do QI permanecer intacto. Estas pessoas fazem escolhas desastrosas nos negócios e podem entrar em obsessão para decidir para que horas marcar um encontro. Um especialista diz que isto ocorre por que ele perderam acesso ao que foi emocionalmente aprendido.

Segunda Parte - A Natureza da Inteligência Emocional.
 
            Daniel Goleman, fala da importância dada ao QI daspessoas e diz que isto pouco importa para o sucesso futuro. Mas dá exemplos de pessoas com alto QI que eram considerados inteligentíssimos que agiram como idiotas em certas circunstâncias. Isto mostra que existe outro conjunto de fatores que determinam o sucesso futuro. A este conjunto, D.G. denomina Inteligência Emocional.
 
            Existem diferentes tipos de inteligências. O livro fala de umacriança que parecia introvertida, mas na verdade tinha uma grande capacidade para avaliar a organização social das outras crianças (sinistro, não?). Isto é, enquanto as outras crianças brincavam, ela simplesmente ficava parada observando as outras.
            Existem estudos feitos com crianças que mostram para qual área ela tem mais aptidão (no caso de relacionamentos, liderança, resolução deconflitos, etc.). Neste caso, se os pais ajudassem ela a se desenvolver nesta área, ela pode chegar à perfeição.
            Existe, ainda uma definição para inteligência interpessoal e intrapessoal. A primeira diz respeito à capacidade de compreender outras pessoas, e a segunda diz respeito a compreender a si mesmo. "É uma capacidade de formar um modelo preciso, verídico, de si mesmo e poder...
tracking img