Integraçao regional na américa do sul

PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
Graduação em Relações Internacionais

Clara Lopes
Gabriela Ferreira
Fernanda Dias
Isadora Resende
Larissa Costa

INTEGRAÇÃO REGIONAL NAAMÉRICA DO SUL:
A atuação brasileira

Belo Horizonte
2011

INTRODUÇÃO

A cooperação internacional é um conceito relativamente recente para o sistema internacional, que emergiu em paralelo com ode integração. Ambos os conceitos têm sido usados no cenário internacional como instrumentos para convergir interesses, solucionar problemas e atingir determinados objetivos, os quais se fossem feitosindividualmente teriam um custo-benefício menor.
Cooperação diz respeito a um esforço conjunto entre países de diferentes níveis de desenvolvimento para solucionar ou, no mínimo, suavizar problemaseconômicos, sociais, políticos e de segurança. Ao mesmo tempo em que busca melhorar os principais índices dos países envolvidos, aumentar a segurança internacional e a previsibilidade decomportamento dos atores – tudo do modo mais sustentável e duradouro possível. A cooperação internacional é um instrumento mais abrangente que tenta fazer alterações nas estruturas econômicas e sociais onde énecessário, no intuito de sanar as origens dos problemas em questão. Em paralelo a integração apresenta-se em dois sentidos, o lato – de crescimento de fluxos comerciais, econômicos, culturais e humanos– e o formal – de criação de regras e normas compartilhadas. A integração tem o intuito de direcionar a dinâmica econômica para um projeto político comum que reforce a cooperação, na tentativa dediminuir tensões ligadas à presença estrangeira nas economias domésticas. Além de tentar aumentar o espaço para inserção dos países envolvidos no plano internacional.
Trazendo a perspectiva decooperação e integração para o âmbito regional da América do Sul, nesse estudo tenta-se compreender a que ponto os países sul-americanos estão integrados e qual papel o Brasil tem desempenhado para tal....
tracking img