Int e prod de textos - exercicios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9017 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Para entender o significado de uma frase, é preciso considerar também o que fica implícito, e não apenas ler a superfície da informação. Desse modo, observe o que fica implícito nesta frase: “Jim disse que as abelhas não picariam idiotas; mas eu não acreditei nisso, porque eu mesmo já tentei muitas vezes, e elas não me picaram.” (Mark Twain. The adventures of Huckleberry Finn)
B | O personagemnão é inteligente por ter insistido em ser picado pelas abelhas. |
(ENEM – 2002) O autor da tira utilizou os princípios de composição de um conhecido movimento artístico para representar a necessidade de um mesmo observador aprender a considerar, simultaneamente, diferentes pontos de vista.

Das obras reproduzidas, todas de autoria do pintor espanhol Pablo Picasso, aquela em cuja composição foiadotado um procedimento semelhante é:
E | |
INDICADORES DE FRACASSO ESCOLAR NO BRASIL

 Observando os dados fornecidos no quadro, percebe-se:
E | uma melhoria na qualificação da força de trabalho, incentivada pelo aumento da escolaridade média. |

O tema que domina os fragmentos poéticos abaixo é o mar.
Identifique, entre eles, aquele que mais se aproxima do quadro de Pancetti.
B |Um barco singra o peito / rosado do mar.
A manhã sacode as ondas / e os coqueiros.
(ESPÍNOLA, Adriano. Pesca. Beira-sol. Rio de Janeiro: TopBooks, 1997. p. 13.) |
Leia o trecho abaixo e responda corretamente ao que será perguntado:
“Alguns estudos mostram que os alunos não são seres passivos. Assistem à TV apreendendo as mensagens que mais se adaptam ao seu modo de ser e de ver as coisas,utilizando-se das representações sociais para compor sua leitura: tornam-se ‘operadores das mensagens”. Tânia Esperon - Do texto é possível fazer a seguinte inferência:
D | Os alunos têm como superar as condições impositivas das mensagens televisivas, pois como seres históricos e marcados por variáveis culturais possuem, também, maneiras de ampliar os sentidos e significados que lhes tentam impor. |Leia atentamente o poema que segue: Mar português (Fernando Pessoa)
Ó mar salgado, quanto de teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram, 
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus aomar o perigo e o abismo deu, 
Mas nele é que espelhou o céu.
Pela leitura do poema de Fernando Pessoa, pode-se afirmar que:
E | o mar que banha Portugal tem as águas salgadas por causa das lágrimas de mães, filhos e noivas que perdiam seus entes queridos nas viagens que os navegadores portugueses empreendiam pelo mundo – sem voltar. |
O significado dos dois últimos versos da segunda estrofedo poema anterior é:
C | Deus deu aos portugueses a beleza e os perigos do mar, mas lhes deu a beleza do céu. |
Leia o texto abaixo. A seguir, responda a questão. 
            “A maneira como o consumo é visto no Brasil explica um bocado de coisas.
(2)                    Muita gente no Brasil vê o consumismo como um gesto um pouco nobre. Atribuem-se à sua lógica coisas como depauperação dosvalores e acirramento de desigualdades sociais. Essa postura está refletida já no nosso léxico. O verbo ‘consumir’, segundo Aurélio, significa ‘1. gastar ou corroer até a destruição; devorar, destruir, extinguir [...] 2. gastar, aniquilar, anular [...] 3. enfraquecer, abater [...] 4. desgostar, afligir, mortificar [...] 5. fazer esquecer, apagar[...] 6. gastar, esgotar [...]’. Os sentidos sãonegativos; as conotações, pejorativas. Não há uma única referencia à idéia de comprar ou adquirir. Muito menos uma associação com o ato de satisfazer uma necessidade ou saciar um desejo. Um marciano de boa índole, que tivesse chegado à Terra pelo Brasil e estivesse estudando a humanidade munido da língua portuguesa, certamente anotaria na agenda que ‘consumir’ é uma das coisas ruins que se fazem por...
tracking img