Insulina no sangue

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1833 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice
1- Onde é produzida a Insulina? 3
2- Insulina 3
3- Relação Insulina-glicolise: 4
4- Efeitos da Insulina nos Tecidos Alvos: 4
5- Secreção de Insulina 5
6- Alterações na produção de Insulina 6
Diabetes tipo 1 6
Diabetes do tipo 2 6
CONCLUSÃO 8
Anexo 1 9
Bibliografia 10









Introdução
Numa primeira fase, e antes de qualquer consideração ou reflexão, surge anecessidade de dar a conhecer o tema a partir do qual será desenvolvido e elaborado todo o trabalho, sendo esse mesmo debruçado sobre a importância da insulina no nosso organismo.
Em traços muito gerais, a insulina é uma hormona peptídica, responsável pela regulação dos metabolismos glucídico e lipídico. Quando não é produzida ou apresenta quantidades insuficientes origina a Diabetes – doençacaracterizada pela intolerância à glucose e por alterações no metabolismo lipídico e proteico. O seguinte trabalho visa não só explicar o processo de produção de insulina, bem como o seu processo de funcionamento no organismo humano, abordando, também, os casos de hiper e hipoglicémia.
Sendo que o diagnóstico da diabetes constitui um factor de alto risco e em que se observa um número crescente de casos,principalmente na população mais jovem, revela-se de suma importância saber como actua e como se controla a produção de insulina no nosso corpo, a fim de preveni-la. Em relação a este aspecto, cabe aos profissionais de saúde a responsabilidade de informar e orientar a população em geral, com o intuito de minimizar os riscos que o desequilíbrio de insulina possa causar na nossa saúde.


1- ONDEÉ PRODUZIDA A INSULINA?
O pâncreas é uma glândula endócrina e exócrina, localizada no espaço retroperitoneal, entre a grande curvatura do estômago e o duodeno (Seeley e tal, 2003).
A porção exócrina do pâncreas produz as enzimas que vão dar origem ao suco pancreático (ver anexo 1), indo facilitar a digestão dos hidratos de carbono (Bare & Smeltzer, 2005). Esta zona de produção de enzimas écomposta pelos Ilhéus de Langerhans, células produtoras de hormonas, posteriormente libertadas na corrente sanguínea. Cada ilhéu é composto por células alfa (α), que segregam glucagon; células beta (β), geradoras de insulina e por células delta (δ), produtoras de somatostatina (Seeley et al, 2003).
2- INSULINA
A insulina é um polipeptídeo de estrutura química plenamente conhecida, responsável pelaregulação dos metabolismos glucídico e lipídico. É uma hormona que actua a nível de vários tecidos (Seeley, et al, 2003), tais como:
• Músculo-esqueléticos – estes tecidos vão ter como resposta à insulina o aumento da captação de glicose e da síntese de glicogénio, assim como, o aumento da captação de certos aminoácidos.
• Fígado – provoca o aumento da síntese do glicogénio, assim como, o aumentoda utilização da glicose para produção de energia (glicólise);
• Tecido adiposo – aumenta a captação da glicose, a síntese de glicogénio e de gorduras e a captação de ácidos gordos, aumentando também a glicólise;
• Sistema nervoso – actua no centro da saciedade no hipotálamo, onde vai aumentar a captação de glicose pelo centro da saciedade, regulando e controlando o apetite;

3- RELAÇÃOINSULINA-GLICOLISE:
Como dito anteriormente, a insulina tem uma relação muito importante com a glicose, pois vai reduzir a sua concentração no sangue. No caso da concentração de glicose aumentar, a concentração de insulina também aumenta.
A insulina promove a absorção da glicose pelas células, favorecendo a glicólise e inibindo a neoglucogénese; promove também a acumulação de glicose no fígado sob aforma de glicogénio, que funciona como uma fonte de energia ao ser reconvertido em glicose em situações de stress; participa a nível do Metabolismo dos Lípidos, através do piruvato, produto final da glicólise e estimula a síntese de proteínas.
A síntese e a libertação de insulina ocorre geralmente durante o consumo de alimentos, não apenas sob a presença de glicose ou hidratos de carbono no...
tracking img