Instabilidade de vertentes naturais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7361 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
I - Introdução 3


II – Causas da instabilização das vertentes 7


a – Eventos desencadeadores da instabilidadde 7


b – Factores que afectam a estabilidade 9


- Gravidade 10


- Água 16

( A água como força de resistência
ao movimento das vertentes 16
( A água comoforça motriz dos
movimentos nas vertentes 17
- Características geológicas dos terrenos 20
1 – Litologia 20
2 – Características estruturais das rochas 21
3 – Topografia 23
c – Erosão 24
III – Vertentes costeiras 27
IV – Formas de instabilização 29
- Movimentos de fluxo30
- Movimentos de deslize 40
- Movimentos por quedas 43
V – Prevenção e mitigação da instabilidade das vertentes 45
a – Prevenção 45
b – Mitigação 46
Conclusão 50


Não seria correcto começar o desenvolvimento deste trabalho sobre a instabilidade de vertentes naturais e escavações sem antes fazer uma breve definiçãodos termos vertentes e escavações.

Entende-se geralmente por vertente qualquer área da superfície terrestre inclinada em relação à horizontal.
É habitual considerar por vertentes naturais aquelas que se encontram em processo de evolução geomorfológica normal, não resultando portanto da actividade do Homem. Dentro deste grupo, temos como exemplos as encostas junto ao mar (figura 1), asvertentes das montanhas, etc. Além destas vertentes naturais, temos também as vertentes resultantes da escavação de maciços naturais pelo Homem - vertentes de escavações. Temos, como exemplos de vertentes de escavações, os taludes que resultam do traçado de estradas, explorações de minas e pedreiras de céu aberto, etc. (figura 2).Figura 1: Vertente natural; encosta junto ao mar (Nazaré) [1].
Figura 2: Vertente de escavação criada aquando a criação da estrada na rua de Aveiro (Coimbra) [2].

Destruição de vertentes


Em qualquer lugar destas superfícies terrestres, a gravidade empurra continuamente os materiais para níveis inferiores. O substrato rochoso é geralmente tão forte e está tão bemsustenido que permanece imóvel no seu lugar; mas se uma vertente for demasiada escarpada, partes do substrato rochoso que se vão fragmentar caiem ou deslizam para novas situações de repouso. A vertente fica instável (figura 3).




















































Figura 3:
Vertente instável na rua de Aveiro (Coimbra) deonde caiem pedregulhos
tornando-se um perigo potencial para o trânsito de veículos e transeuntes [3].
No caso de vertentes instáveis em que estão implicadas enormes massas rochosas, o resultado pode ser catastrófico no que se refere à perda de vidas humanas e material de povoações situadas na trajectória do desprendimento (caixa I).




||
| |
| |
||
|No 9 de Outubro de 1963, no reservatório de Vaiont (norte de Itália) ocorreu um deslize de detritos que provocou 3 000 mortes. O |
|reservatório de água estava limitado por uma das maiores barragens do mundo e rodeado pelas vertentes íngremes das paredes do vale. Em|...
tracking img