Inorganica

Páginas: 11 (2719 palavras) Publicado: 4 de março de 2013
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ
CAMPUS LONDRINA
ENGENHARIA DE MATERIAIS

VINICIUS JERONIMO CARNEIRO



RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA
Origem das cores em complexos metálicos:
Efeito da identidade e do número de ligantes



Londrina, 2012

ÍNDICE
Introdução...............................................................................pág 3, e4.
Objetivos..........................................................................................pág 5.
Procedimentos e Resultados Experimentais...........................pág 5 a 12.
Conclusão.......................................................................................pág 13.
Referências.....................................................................................pág13.

INTRODUÇÃO
A luz visível (luz branca ou simplesmente luz) consiste de um espectro de
cores que vai da luz vermelha, com comprimento de onda de 780 nm, até a luz
violeta, com comprimento de onda de 380 nm. Objetos são coloridos porque
absorvem uma ou mais dessas cores e a radiação que chega aos nossos olhos
contém as cores que não foram absorvidas, isto é as cores complementares às queforam absorvidas. Cada cor é identificada por uma estreita faixa de comprimentos de ondas, como ilustrado na Tabela 1. Nesta Tabela encontram-se também as cores complementares, isto é, as cores que percebemos se as radiações nas faixas de comprimentos de ondas descritas forem absorvidas. Esta relação vale quando a absorção ocorre apenas numa região.1

Tabela 1. Comprimentos de onda relativos àabsorção e respectivas cores complementares.
região deabsorção(nm) | 380-435 | 430-450 | 450-490 | 490-500 | 500-560 | 560-580 | 580-590 | 595-650 | 650-780 |
cor da luz nafaixa de (nm) indicada | Violeta | Anil | Azul | azul /verde | Verde | amarela /verde | Amarela | laranja | Vermelha |
Corcomplementar | Amarela/verde | Amarela | Laranja | vermelha | Púrpura | violeta | Anil | azul |azul/verde |

Para melhor entender como isto funciona, tome como exemplo, uma solução
vermelha de um complexo de metal de transição (a maioria deles é colorida e veremos porque). Ao passar por esta solução, a luz será absorvida apenas numa pequena região, qual? Esta tabela será explorada neste experimento para determinar a região de absorção dos complexos de metais de transição.
O passoseguinte é entender por que ocorre a absorção de radiação pelos
complexos de metais de transição.2 Íons de metais de transição possuem 5 orbitais d.
Na ausência de ligantes, estes orbitais d possuem a mesma energia, ou seja são degenerados. De acordo com o modelo do campo cristalino, na formação do complexo de coordenação há uma repulsão entre os elétrons d e os pares de elétrons dos ligantes,promovendo um aumento da energia dos orbitais d. Quando 6 ligantes se aproximam segundo os vértices de um octaedro, elétrons nos orbitais dz2 e dx2-y2, denominados eg, que apontam na direção dos ligantes, sofrem maior repulsão do que os que se encontram nos orbitais dxy, dxz e dyz, denominados t2g e direcionados entre os eixos x, y e z. Estes dois conjuntos de orbitais, t2g e eg desdobram-se e aenergia que os separa é denominada ∆o. A magnitude de ∆o depende do tipo de metal, da carga do íon, do ligante e da geometria do complexo.
Considere um íon com apenas 1 elétron d (configuração d1), como o Ti+3 que forma complexos octaédricos, por exemplo o [Ti(OH2)6]3+. No estado fundamental, este elétron ocupa um dos orbitais t2g. Fótons de luz de energia igual a ∆o podem excitar esse elétronpara um dos orbitais eg. Assim a energia do fóton é E = h= o (h =
constante de Planck, = freqüência da radiação, sendo = c/, com c= velocidade da
luz e = comprimento de onda da luz). Por convenção, o é expresso em unidades de
1/, isto é em cm-1, entretanto, também pode ser obtido em unidades kJ mol-1, multiplicando-se a equação acima pela constante de Avogadro. O processo de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • inorganica
  • inorganica
  • Inorgânica
  • Inorgânica
  • Inorgânica
  • Inorganica
  • Inorganica
  • inorganica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!