Inocent drinck

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1256 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Caso



Discentes:
55928 | Cleimita Sousa |
61625 | Damicisca Rita |
55938 | Lucinilde Pinho |

Turma: FCA3 Docente:
Ana Correia

ÍNDICE

1.INTRODUÇÃO 2

2.DESENVOLVIMENTO 3

3.CONCLUSÃO 3

1.INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objectivo estudar e analisar os casos relacionando com as matérias leccionadas anteriormente nas aulas, visa também criar umaperspectiva maior nos conteúdos dados e o caso em estudo.
Sendo assim iremos abordar e analisar o caso “Innocent Drinks” uma empresa com pouco mais de 10 anos, hoje já é líder no mercado em Inglaterra dos smoothies, com uma quota de mercado de 80%, facturando anualmente mais de 100 milhões de libras por ano.
É uma empresa que surgiu na constatação de um problema que afectava os seus fundadorese uma grande parte da sociedade. O problema do estilo de vida moderno faz com que seja difícil manter um modo de vida saudável devido ao stress e à falta de tempo, aí surge a ideia de tornar mais fácil as pessoas tomarem algo saudável e bom de uma forma prática.
Apoiada com um bom planeamento, organização e controle levam a criação de uma marca de sucesso.

2.DESENVOLVIMENTO

A InnocentDrinks para abertura do seu negócio utilizou uma estratégia que podemos considerar fenomenal, que foi testarem o seu produto através a aceitação do público, de forma a garantir uma boa posição no mercado, se deveriam deixar os seus empregos “seguros” para avançar com o projecto. Sendo assim em Agosto de 1998 no “Jazz on the Green Festival” utilizando equipamento emprestado e gastando 500 libras emfruta produziram sumo para vender no festival. Numa barraca de venda onde ficaram colocados dois caixotes de lixo em que um dizia “sim” e outro “não” onde se colocavam as embalagens como resposta à pergunta: “Devemos demitir-nos para fazer estes smoothies?”.Tendo no final do festival verificado que o caixote do “sim” estava cheio. De acordo com o sucedido avançaram com a demissão assumido uma posturade empreendedorismo, arriscando dinamizarem a sua ideia criando, assim, o seu próprio negócio.
Os fundadores decidiram dividirem-se de acordo as tarefas planeadas e tendo em conta a experiência de cada um, de forma a retirar o melhor das capacidades de cada um. O Reed que tinha experiência em publicidade ficou com a área do marketing, Balon que tinha trabalhado em vendas na Virgen Cola, ficoucom a parte das vendas, e, por último, o Wright que estudou engenharia industrial, ficou a cargo da parte operacional, tendo constituído um modelo de gestão integrado em que todos ficaram responsáveis pela tomada de decisão para na organização, considerando-os assim gestores de topo, os definem objectivos e planos para atingir.

Desta forma conseguiram coordenar com eficiência e eficácia, obtendoassim os recursos suficientes de forma a cumprirem os objectivos traçados.

* Recursos (eficiência):“doing the things right” Obter o máximo de “output” com o mínimo de “input” (“produtividade”!).

* Objectivos (eficácia): “doing the right things” Executar as actividades de forma a cumprir os objectivos.

Conseguiram também conciliar as capacidades de gestão, sendo;

* Técnicas:conhecimento e sua utilização em área especializada ou seja a forma como conciliaram as experiências de cada um ou seja o conhecimento nas áreas específicas dos mesmos;
* Humanas: relacionamento com outros, trabalho individual e no grupo em que se integra ou seja a forma como se relacionaram uns com os outros, o espírito de equipa e a boa relação interpessoal que existe entre eles;

*Conceptuais: pensar e conceptualizar sobre situações abstractas e complexas, a forma de pensar e como conseguiram simplesmente resolver os problemas que foram aparecendo na fundação;

Um facto importante da definição das organizações em geral é a escolha da sua missão e dos seus valores, sendo assim a Innocent salienta que os seus valores são de fomentar um estilo de vida saudável e preocupação...
tracking img