Inicio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 96 (23857 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A minha vida pessoal
AS MINHAS ORIGENS
Eu chamo-me xxxxxxxxxxxxxxxxxx, sou filho de xxxxxxxxxxxxxxxxxxx, nasci com 2,960Kg no dia 26 de Janeiro de xxxx às 8h40 na maternidade Alfredo da Costa em Lisboa.
Logo que nasci a minha saúde já inspirava alguns cuidados e 24 horas depois de nascer comecei logo a espirrar porque a minha Mãe, 15 dias antes tinha-se constipado, chegando a ter 40ºc defebre. Com o passar do tempo o meu estado de saúde foi-se agravando e eu acabei por andar em vários médicos e todos eles me receitavam o mesmo: xaropes para a tosse e supositórios para os brônquios, mas sem resultados até aos 6 meses.
Como referi, durante alguns meses tive consultas de apoio e foram-me receitados medicamentos para me ajudarem a ultrapassar este problema, nunca tomei medicamento poriniciativa dos meus pais mas sempre por prescrição médica, os meus pais consideravam que a automedicação é muita perigosa e pode ter consequências desastrosas, levando por vezes à morte. Hoje que sou adulto tenho exactamente a mesma opinião que os meus pais e nunca tomo nenhum medicamento a conselho de um amigo ou familiar, porque o meu organismo pode não reagir da mesma forma aos mesmosmedicamentos e isso pode ter consequências más para a minha saúde. No entanto infelizmente muitas são as pessoas que em pleno sec. XXI optam por se automedicarem e por tomar um medicamento que está lá por casa e que um tio ou um primo tomou numa situação em que os sintomas eram semelhantes. Estas pessoas pensando que estão a agir correctamente, muitas vezes desencadeiam problemas de saúde graves.
Por vezespara me manter saudável para além dos cuidados médicos preciso de receber complementos vitamínicos e até mesmo de ingerir este tipo de fármacos recorro a um médico ou um farmacêutico para me aconselhar, nunca corro o risco de me automedicar.
Hoje em dia para além dos medicamentos de marca, temos os medicamentos genéricos, que podemos utilizar no tratamento das nossas doenças, são medicamentoscom características idênticas aos outros medicamentos com a vantagem de serem mais baratos.
Sou defensor da substituição dos medicamento de marca pelos genéricos que são medicamentos cuja substância activa é igual (cópia) do medicamento original ou seja á molécula mãe. Os medicamentos de marca ou originais são todos aqueles que tem a sua molécula original, como consequência do resultado de umainvestigação aprovada clinicamente, certificada e licenciada pelas autoridades competentes.
Normalmente as moléculas originais são patenteadas durante 8 anos para sua protecção comercial, não podendo durante esse período nenhuma outra Empresa desenvolver cópias – genéricos – e comercializá-los. É durante esse período que as empresas que comercializam as marcas originais inflacionam o custo domedicamento para os utentes e Instituições de Saúde. Normalmente esses custos que são dependentes do grau de aceitação do medicamento para a saúde pública, são em geral altos e tem para as empresas a compensação e os lucros de toda a investigação que em alguns casos demoram anos e são muito dispendiosas.
Infelizmente em Portugal há poucas Instituições e Empresas dedicadas á Indústria e Produção deMedicamentos. A que mais se destaca é a Labesfal sediada na Beira Alta em Campo Besteiros - Tondela e é responsável pela produção de uma vasta gama de Medicamentos dos quais se destacam: Anti-infecciosos, Cardiovasculares, Analgésicos/Antipiréticos, Gasterentológicos, Anti-histaminicos, Sistema nervoso Central, etc.
A ingestão de genéricos em substituição dos medicamentos de marca está a ser cada vezmais divulgada e aconselhada. Na nossa televisão faz-se publicidade que incentiva esta troca. Por outro lado também se tenta divulgar a substituição da medicina normal pela medicina alternativa.
Ou seja, como referi, o medicamento genérico é definido como um medicamento com a mesma substância activa, forma farmacêutica e dosagem, e com a mesma indicação terapêutica que o medicamento original,...
tracking img