Inglaterra

Páginas: 9 (2130 palavras) Publicado: 18 de maio de 2014

Inglaterra: revolução e hegemonia

Durante mais de um século, as guerras entre as potências dominaram o cenário europeu como forma de afirmação dos Estados modernos. Pela força das armas, o Estado assegurava o domínio de seu território e de suas colônias, consolidava o controle de rotas comerciais, garantia sua influência em lutas dinásticas e disputava com outros Estados a hegemonia naEuropa. Com tantos interesses em jogo, o continente europeu havia se transformado num verdadeiro barril de pólvora. E as explosões não tardariam. Entre 1618 e 1763, a Europa foi sacudida por um infindável número de conflitos, como a Guerra dos Trinta Anos (1618-1648), a Guerra de Sucessão da Espanha (1702-1714) e a Guerra dos Sete Anos (1756-1763), só para citar alguns.
Seriam décadas deenfrentamentos, dos quais a Inglaterra emergiria como a grande potência europeia, pronta para conquistar a hegemonia mundial. Até que isso ocorresse, porém, a Inglaterra passou no plano interno por dois processos de transformação: a Revolução Puritana (1640) e a Revolução Gloriosa (1688-1689).

1. A Guerra dos Trinta Anos
Espanha, França, Inglaterra, Holanda. No início do século XVII, esses quatro paísesdisputavam entre si a hegemonia da Europa ocidental. Suas forças militares se equivaliam. A Inglaterra e a Holanda eram fortes no mar. A França detinha o maior exército. A Espanha, senhora também de Portugal pela União Ibérica, dominava o maior império colonial. Na parte oriental da Europa, o poderoso Império Turco já controlava a Grécia e toda a península Balcânica e ameaçava o Sacro ImpérioRomano-Germânico. O equilíbrio era precário e instável entre todas essas potências.
O primeiro conflito a eclodir foi a Guerra dos Trinta Anos, que começou em 1618 provocada por problemas religiosos e políticos. Por essa época, a dinastia dos Habsburgo procurava impor o absolutismo e a religião católica a seus súditos do Sacro Império Romano-Germânico, formado por cerca de trezentos pequenosprincipados autônomos. Revoltados com a imposição, os príncipes protestantes, organizados na Liga Evangélica, entraram em choque com as forças do governo, sofrendo fragorosa derrota em 1620.
Nesse momento, Inglaterra, Holanda e França, preocupadas com o fortalecimento dos Habsburgo, intervieram no conflito, apoiando o rei da Dinamarca, que disputava territórios com o Sacro Império. Em 1629, as forças doSacro Império derrotaram as da Dinamarca. Em seguida, a Suécia entrou no conflito contando com o apoio da França, mas foi igualmente vencida em 1632.
Com a derrota dos suecos, a França aliou-se à Holanda, declarou guerra à Espanha e invadiu o Sacro Império. Em 1648, o exército francês sitiou Viena, capital da Áustria e sede dos Habsburgo. A paz foi selada pelo Tratado de Westfália, que concedeu àFrança os territórios da Alsácia e da Lorena, antes pertencentes ao Sacro Império. O acordo obrigou ainda a Espanha a reconhecer a independência da Holanda.

2. A queda da monarquia inglesa
Em 1603, a morte da rainha Elizabeth I deixou vago o trono da Inglaterra. Na ausência de herdeiros diretos, já que a rainha não tinha filhos, a coroa foi entregue a seu primo, Jaime Stuart, rei da Escócia.Tão logo assumiu o trono, Jaime I, como se tornaria conhecido, entrou em rota de colisão com amplos setores da sociedade inglesa. Para começar, quis restaurar o absolutismo, invocando a teoria da origem divina dos reis e perseguindo os puritanos. Ao mesmo tempo, tentou estabelecer novos impostos. Foi o bastante para que sua política provocasse sérias divergências com o Parlamento.
A morte dorei, em 1625, só fez piorar a situação. Seguindo na mesma trilha, o filho e sucessor de Jaime, Carlos I, tentou impor o anglicanismo aos calvinistas escoceses, dissolveu o Parlamento e restaurou antigos impostos. Todas essas medidas, como era de esperar, criaram um clima de guerra entre o rei e o Parlamento.

A Revolução Puritana
Durante os reinados de Henrique VIII e de Elizabeth I, no século...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • inglaterra
  • Inglaterra
  • Inglaterra
  • Inglaterra
  • Inglaterra
  • inglaterra
  • Inglaterra
  • Inglaterra

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!