Informática na ergonomia: como reduzir o risco ocupacional?

INFORMÁTICA NA ERGONOMIA:
COMO REDUZIR O RISCO OCUPACIONAL?

Os sistemas informativos estão cada vez mais presentes em todos os campos de estudo, como apoio para a aceleração da obtenção deresultados e simplificação das técnicas e meios para se chegar até estes. Também têm contribuído para a redução de erros em meio aos processos de estudos com técnicas avançadas de correção e verificaçãode erros.

Mas ainda são muitas as áreas que sofrem com a carência, e às vezes até mesmo a ausência, de softwares especialistas, que possibilitem o desenvolvimento de estudos relacionados a estasáreas.

Com esta visão vamos ao longo deste artigo fazer a apresentação do Aptarix. Este que é um dos poucos softwares existentes voltados para o estudo de uma das áreas da saúde que mais afetam osseres humanos: a Ergonomia.

Segundo o AEPS (Anuário Estatístico da Previdência Social) 2008, o INSS concedeu o montante de R$281.907.000 em benefícios, para um total 377.001 beneficiados, apenaspara o grupo da espécie Acidentários. Baseando-se nesses dados podemos afirmar que se faz necessária uma técnica de identificação, bem como estudos para redução ou eliminação de riscos no local detrabalho e atividades relacionadas a ele.

Uma das causas da baixa produtividade pode ser o desconforto, que entre as suas várias causas está diretamente ligada à adequação do corpo frente a umdeterminado equipamento. A questão da iluminação, que além de poder causar danos à visão, contribui significativamente na baixa pessoal da capacidade de produção de uma pessoa, quer seja em um escritório,indústria, como até mesmo em ambientes de trabalho mais sofisticados. Além disso, os ruídos e mudanças de temperatura também influem negativamente neste processo.
Conhecida comumente como estudocientífico da relação entre o homem e seus ambientes de trabalho, a ergonomia tem alguns objetivos básicos que são: possibilitar o conforto ao indivíduo e proporcionar a prevenção de acidentes e do...
tracking img