Infor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2313 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de janeiro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Laboratório 3.5.1: Configuração de VLAN básica
Diagrama de topologia

Tabela de endereçamento
Dispositivo
(Nome do host)

Interface

Endereço IP

Máscara de sub-rede

Gateway padrão

S1

VLAN 99

172.17.99.11

255.255.255.0

N/A

S2

VLAN 99

172.17.99.12

255.255.255.0

N/A

S3

VLAN 99

172.17.99.13

255.255.255.0

N/A

PC1

Placa de rede172.17.10.21

255.255.255.0

172.17.10.1

PC2

Placa de rede

172.17.20.22

255.255.255.0

172.17.20.1

PC3

Placa de rede

172.17.30.23

255.255.255.0

172.17.30.1

PC4

Placa de rede

172.17.10.24

255.255.255.0

172.17.10.1

PC5

Placa de rede

172.17.20.25

255.255.255.0

172.17.20.1

PC6

Placa de rede

172.17.30.26

255.255.255.0

172.17.30.1Designações de porta iniciais (switches 2 e 3)
Portas
Fa0/1 – 0/5
Fa0/6 – 0/10
Fa0/11 – 0/17
Fa0/18 – 0/24

Atribuição
802.1q Troncos (VLAN 99 nativa)
VLAN 30 – Convidado (Padrão)
VLAN 10 – Corpo docente/administração
VLAN 20 – Alunos

Rede
172.17.99.0 /24
172.17.30.0 /24
172.17.10.0 /24
172.17.20.0 /24

All contents are Copyright © 1992–2009 Cisco Systems, Inc. All rightsreserved. This document is Cisco Public Information.

Página 1 de 7

CCNA Exploration
Comutação de rede local e sem fio: VLANs

Laboratório 3.5.1: Configuração de VLAN básica

Objetivos de aprendizagem
Após concluir este laboratório, você será capaz de:


Cabear a rede de acordo com o diagrama de topologia



Apagar a configuração de inicialização e recarregar o estado padrão deum switch



Executar tarefas de configuração básica em um switch



Criar VLANs



Atribuir portas de switch a uma VLAN



Adicionar, mover e alterar portas



Verificar a configuração da VLAN



Habilitar o entroncamento em conexões inter-switch



Verificar a configuração do tronco



Salvar a configuração VLAN

Tarefa 1: Preparar a rede
Etapa 1: Cabearuma rede de maneira semelhante à presente no diagrama de topologia.
Você pode utilizar qualquer switch atual em seu laboratório contanto que ele tenha as interfaces exigidas
mostradas na topologia.
Nota: Se você utilizar switches 2900 ou 2950, as saídas do comando poderão ser diferentes. Além
disso, determinados comandos podem ser diferentes ou estar indisponíveis.
Etapa 2: Limpar todas asconfigurações existente nos switches e inicializar todas as portas no
estado desligado.
Se necessário, consulte o Laboratório 2.5.1, Apêndice 1, quanto ao procedimento para limpar as
configurações do switch.
É uma prática recomendada desabilitar todas as portas não usadas nos switches, desligando-os.
Desabilite todas as portas nos switches:
Switch#config term
Switch(config)#interface rangefa0/1-24
Switch(config-if-range)#shutdown
Switch(config-if-range)#interface range gi0/1-2
Switch(config-if-range)#shutdown

Tarefa 2: Realizar configurações básicas de switch
Etapa 1: Configurar os switches de acordo com as diretrizes a seguir.


Configure o nome de host do switch.



Desabilite a pesquisa DNS.



Configure uma senha class no modo EXEC.



Configure umasenha cisco para as conexões de console.



Configure uma senha cisco para as conexões vty.

All contents are Copyright © 1992–2009 Cisco Systems, Inc. All rights reserved. This document is Cisco Public Information.

Página 2 de 7

CCNA Exploration
Comutação de rede local e sem fio: VLANs

Laboratório 3.5.1: Configuração de VLAN básica

Etapa 2: Reabilitar as portas de usuário em S2e S3.
S2(config)#interface range fa0/6, fa0/11, fa0/18
S2(config-if-range)#switchport mode access
S2(config-if-range)#no shutdown
S3(config)#interface range fa0/6, fa0/11, fa0/18
S3(config-if-range)#switchport mode access
S3(config-if-range)#no shutdown

Tarefa 3: Configurar e ativar interfaces Ethernet
Etapa 1: Configurar os PCs.
Você pode concluir este laboratório utilizando apenas...
tracking img