Inflamações

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2049 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Inflamações - Conceitos Gerais e Inflamação Aguda
Denise Fecchio;
Marcello Franco;
Nathanael Pinheiro;
Mário R. Montenegro ( in memoriam ).

Introdução
É uma resposta dos organismos vivos homeotérmicos a uma agressão sofrida e ocorre como resposta inespecífica caracterizada por uma série de alterações que tende a limiar os efeitos da agressão.
A inflamação era caracterizada por quatrosinais cardinais: rubor, calor, edema e dor. Mas, no século XIX, foi acrescentado outro sinal, a perda da função.
O rubor e o calor são o resultado de um aumento da circulação na área inflamada. O edema é consequência do aumento local do líquido intersticial. a dor depende do acúmulo, no local, de substâncias biológicas que atuam sobre as terminações nervosas. Já a perda da função é a consequênciada somatória de vários fatores, especialmente do edema e da dor.

--> Inflamações agudas e crônicas:
A principal diferença entre estas inflamações é o tempo de duração, pois a inflamação aguda tem curso rápido, durando entre 1 a 2 semanas e a inflamação crônica constitui um processo mais demorado superando 3 meses. Esta diferença de tempo de duração está diretamente ligada aos fatores queinfluenciou a inflamação. Pois, diante de estímulos de intensidade na qual o hospedeiro consiga reagir de modo a tornar esse estímulo de curta duração, presenciar-se-á o aparecimento de exsudações plasmáticas e de neutrófilos, ambos característicos dos processos agudos. Mas se ocorre uma persistência do estímulo - exigindo uma reação diferente da anterior por parte do hospedeiro - causará um aumentodos graus das células, o que determina uma fase proliferativa e reparativa , características da inflamação crônica.

--> As primeiras fases da inflamação:
Fase alterativa: alterações causadas diretamente pela agressão;
Fase exsudativa: alterações vasculares que propiciam a saída dos vasos de seus constituintes líquidos e de suas células;
Fase produtiva: proliferação local de vasos e célulase corresponde à tentativa do organismo de reparar as alterações causadas pela agressão e pela fase exsudativa.

--> O exsudato inflamatório:
É um fluido inflamatório extravascular que possui alta concentração de proteínas, fragmentos celulares, o que implica em alteração significativa na permeabilidade normal dos pequenos vasos sanguíneos na área danificada. Este se difere do transudato, queé um fluido com pequeno teor protéico, e é essencialmente um ultrafiltrado do plasma sanguíneo resultante do desequilíbrio hidrostático ou osmótico, ou seja, desequilíbrio entre agua e proteínas do sangue, através da parede vascular sem que haja dano a esta. No epitélio assim como em qq outro tecido o exsudato é igual, podendo existir apenas este fluido inflamatório se houver apenas inflamação,mas caso exista infecção associada, ocorre a formação de pus, q é um exsudato inflamatório rico em leucócitos, fragmentos de células mortas e em muitos casos microorganismos.

--> O componente celular do exsudato:
A migração de células circulantes para os tecidos, denominada diapedese, é direcionada pela presença de um gradiente de substâncias quimiotáticas no sítio inflamatório. No tecido, ascélulas buscam remover o patógeno por meio de sua capacidade fagocitária, permitindo o reparo da lesão. Na inflamação aguda as principais células são os neutrófilos e os macrófagos. A permanência do agente lesivo leva à cronificação do processo inflamatório, sendo observada concomitância de destruição e reparo tecidual. Na inflamação crônica o tecido apresenta caracteristicamente um infiltradoconstituído por células mononucleares (monócitos, macrófagos e linfócitos), sinais de angiogênese e fibrose (Quadro 1). Os estímulos persistentes que induzem a cronificação do processo inflamatório podem ser de diversas naturezas, tais como bactérias intracelulares como Mycobacterium tuberculosis, substâncias químicas como a sílica, e mesmo agentes físicos, como a radiação ultravioleta e traumas...
tracking img