Infanticidio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INFANTICÍDIO

O Infanticídio é um crime semelhante ao homicídio, onde ocorre a destruição da vida do neonato pela mãe, que se encontrara, no momento da consumação do crime, sob influência do estadopuerperal.

É um crime próprio, somente a mãe pode ser autora da conduta criminosa descrita no tipo, pois se exige qualidades especiais, ou seja, "ser mãe", assim como só o nascente pode sersujeito passivo.

É um crime material, pois o tipo menciona a conduta e o evento, exigindo a sua produção para a consumação.

É um delito que pode ser praticado por qualquer meio, ação ou omissão,admitindo-se somente a sua forma dolosa, devido à inexistência da forma culposa (princípio da legalidade).

Quanto à tentativa, é admissível.

Concurso de agentes em crimes de infanticídio

Comfulcro no art. 29 do CP, quem, de qualquer modo, concorre para o crime incide nas penas a este cominadas. O artigo 30 diz que não se comunicam as circunstâncias e as condições de caráter pessoal, salvoquando elementares do crime.

Tratando-se de Infanticídio, a solução não é assim tão simples, devido às discussões doutrinárias com relação à comunicabilidade ou não da elementar referente à"influência do estado puerperal". São três as posições doutrinárias:

Posição Minoritária - invoca o disposto no artigo 30, ou seja, não se comunicam as circunstâncias e condições de caráter pessoal, salvoquando elementares do crime. Argumenta que o estado puerperal é alheio ao terceiro que colabore com a mãe para matar o próprio filho e acrescenta que o estado puerperal é constitutivo do crime deinfanticídio. Para os adeptos desta posição, o partícipe responde pelo crime de infanticídio, já o co-autor responde pelo crime de homicídio.

Posição Intermediária - A segunda posição registra distinçãoentre circunstâncias e condições de caráter pessoal e circunstâncias e condições de caráter personalíssimo. Com isso, Hungria diz que se trata de crime personalíssimo, sendo a condição do estado...
tracking img