INDUSTRIALIZAÇÃO CLÁSSICA, NEOCLÁSSICA E ERA DA INFORMAÇÃO.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 5 (1043 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 4 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ERA DA INDUSTRIALIZAÇÃO CLÁSSICA (1900 – 1950)
A era industrial clássica dominou a primeira metade do séc. XX e “engatou” a primeira marcha no motor das mudanças que haveriam de ocorrer no restante do século. Esta era foi caracterizada pelo formato piramidal e centralizador. Sua cultura organizacional era voltada para o passado e valores tradicionais. “O mundo se caracterizava por mudançasvagarosas, progressivas e previsíveis que aconteciam de forma gradativa, lenta e inexorável” (Chiavenato, Idalberto 2008, p. 35).
As pessoas eram tratadas como recursos de produção, tratadas de forma igual a máquinas que poderiam ser trocadas, assim como os equipamentos que apresentavam problemas.
A busca pela máxima eficiência produtiva era a grande preocupação desta era, e para alcança-la, foramimplantadas medidas de padronização e simplificação do trabalho.
Para administrar as pessoas, nesta fase surgem os Departamentos de Relações Industriais (DRI), para mediar às relações entre as organizações e as pessoas, com o objetivo de reduzir os conflitos existentes entre os objetivos organizacionais e os objetivos individuais das pessoas.
Características desta era:
- As pessoas sãoconsideradas como apêndice das máquinas e meras fornecedoras de esforço físico e muscular. A estrutura organizacional aplicada predominantemente era burocrática, centralizadora, funcional, inflexível, piramidal e rígida.

ERA DA INDUSTRIALIZAÇÃO NEOCLÁSSICA (1950 – 1990)
Esta era predominou na segunda metade do séc. XX, e proporcionou um aumento da mudança, o fim da previsibilidade, a inovação. Odesenvolvimento tecnológico proporcionou as condições básicas para que as organizações da época produzissem, em enormes escalas de produção, uma variedade de produtos e serviços realmente inovadores. E assim o velho modelo burocrático tornou-se inflexível e vagaroso para acompanhar as mudanças que ocorriam no ambiente.
A abordagem matricial visava conjugar a departamentalização funcional com umesquema lateral de estrutura por produtos/serviços, a fim de proporcionar características adicionais de inovação e dinamismo e alcançar maior competitividade.
O conceito de Relações Industriais foi ampliado e passou a ser tratado por Administração de Recursos Humanos (DRH), as pessoas passaram a ser vistas como recursos vivos e não como fatores inermes de produção.
Características desta era:- A cultura organizacional passou a concentrar-se no presente, simplificando, grassava a ênfase na departamentalização por produtos e serviços, sob uma forma de estrutura mista e matricial.

ERA DA INFORMAÇÃO (Após 1990):
Esta era tem início em 1990 e é fundamentalmente caracterizada pela sua constante mudança o que implica imprevisibilidade, gerando instabilidade e incerteza. Acompetitividade tornou-se mais intensa entre as organizações, pois até então a economia era baseada na manufatura e na exploração de recursos naturais, e agora seu recurso mais importante são as pessoas, mas além de pessoas, seu conhecimento e suas habilidades mentais, como lembra Kiernan (2008, p. 41): “É o conhecimento e sua adequada aplicação que permitem captar a informação disponível para todos etransforma-la rapidamente em oportunidades de novos produtos ou serviços, antes que os concorrentes consigam fazê-lo”.
Neste momento há a necessidade de um grande reposicionamento quanto aos modelos de negócio. O destaque está agora com uma estrutura ágil, flexível e fluida para se adaptar com mudanças mais rápidas, imprevistas e inesperadas.
Na era da informação, na qual ainda estamos aprendendo aviver, as mudanças não são apenas estruturais, mas, sobretudo, culturais e comportamentais, transformando poderosamente o papel das pessoas nas empresas.
É necessário que as pessoas estejam preparadas para viverem e trabalharem neste ambiente de constantes mudanças. Em resumo, tudo está em mudança e nada fica como está. A permanência é coisa do passado.
Características desta era:
- Totalmente...
tracking img