Industria do enxofre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1835 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ
CAMPUS INDUSTRIAL DE MARABÁ
DIRETORIA DE ENSINO
COORDENAÇÃO DE QUÍMICA

PROCESSOS INORGÂNICOS

Marabá, Pará
2011
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁCAMPUS INDUSTRIAL DE MARABÁ
DIRETORIA DE ENSINO
COORDENAÇÃO DE QUÍMICA

INDÚSTRIA DO ENXOFRE

Docente: Gláucia
Discente: Edinildo Neres e Tiago Costa de Araújo.


Trabalho apresentado ou Instituto Federal de Ciências e Tecnologia do Pará - Campus industrial de Marabá - como exigência parcial para obtenção de conceito para a disciplina, Processos Inorgânicos.Marabá, Pará
2011
1. INTRODUÇÃO

O enxofre é um elemento químico não-metálico, símbolo S, densidade 2 g/cm3, dureza 1,5 a 2,5, insolúvel na água, ponto de fusão em torno de 115º, massa atômica 32,064, cor amarelo limão variando conforme o teor de impurezas, desde as tonalidades verde e cinza até o vermelho. Não obstante o enxofre é um elemento de grandeversatilidade, cuja gama de usos vem atravessando séculos. Os antigos egípcios (2000 a.C) já o utilizavam para branquear linho e como pigmento para pinturas. Os chineses (500 a.C) empregaram o enxofre como componente da pólvora; os gregos e, posteriormente, os romanos, além de utilizá-lo em cerimônias religiosas de purificação, em lamparinas e em tratamento de pele, ampliaram grandemente seu usomedicinal.
Sua primeira aparição na guerra deu-se pelos mouros, em 1305, no cerco de Ronda, na Espanha, através do emprego de canhões que utilizavam pólvora como propelente. Porem o enxofre elementar só foi obtido em 1938 em depósitos superficiais de origem vulcânica na Itália (Sicília) daí gerando um monopólio. Porem o enxofre elementar só foi obtido em 1938 em depósitos superficiais de origemvulcânica na Itália (Sicília) daí gerando um monopólio. Com o advento da química industrial moderna, ao longo do século XX, o enxofre passou a ter sua maior aplicação na produção do ácido sulfúrico, considerado por muitos como o “pão da indústria”, já que seu consumo per capita indicaria o nível de industrialização de um país.
2. OBJETIVOS
Objetivos gerais
• Conhecer a utilização do enxofre naIndústria
• Entender os principais processos de obtenção do enxofre
Objetivos específicos
• Compreender a aplicação do enxofre na produção de acido sulfúrico
• Compreender a importância do enxofre na produção de fertilizantes
• Conhecer as principais matérias primas, de que se obtêm o enxofre
3. JUSTIFICATIVA
Este trabalho sobre o enxofre vem demonstrar sua importância no cenário industriale econômico bem como sua larga utilização, nas mais diversas árias da indústria, merecendo destaque, a produção de ácido sulfúrico e de fertilizantes. Salientando que, o método de obtenção desse elemento varia dependendo em que estado o mesmo se encontra e a qual estrutura esse está ligado.
4. DESENVOLVIMENTO
O crescimento populacional, aliado às modernas técnicas agrícolas, transformou o ácidosulfúrico na matéria-prima intermediária principal para a produção de fertilizantes solúveis, principalmente fosfatados. Como se estivesse cumprindo um determinismo de usos, o enxofre, antes fundamental nas guerras, tornou-se poderoso aliado da paz, contribuindo para matar, por meio dos fertilizantes, a fome de populações, ao invés de apenas dizimá-las pela pólvora. Segundo dados amplamenteconhecidos, pelo menos 85% do enxofre produzido mundialmente (nativo ou recuperado como co-produto) é usado como ácido sulfúrico, cujo emprego em fertilizantes é da ordem de 65%. Resulta que, do enxofre, pelo menos 55% destinam-se à indústria de fertilizantes, que elabora os diversos produtos que os agricultores utilizam para reposição dos nutrientes de solos esgotados ou para melhoria da qualidade...
tracking img