Industria cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2899 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INDUSTRIA CULTURAL
RESUMO

Theodor Adorno e Max Horkheimer. Adorno e Horkheimer analisam o fenômeno contemporâneo da “Indústria Cultural”, sua importância como instrumento de manutenção e reprodução do modo de produção capitalista, suas conseqüências – alienação das massas, massificação das opiniões e tendências através dos “novos” meios disponíveis como o rádio, o cinema e as revistas decirculação nacional. Paralelamente a este fenômeno, percebem como os produtos reproduzidos em série desta subcultura contrapõem-se e acuam as artes e a cultura a ela antecedente.
Como poucos homens de seu tempo, Walter Benjamin pensou o cinema com um equilíbrio inusitado entre a paixão de um simples mortal pela magia das imagens em movimento e sua militante e utópica crença (como bomfrankfurtiano não ortodoxo) no papel emancipatório das técnicas de reprodução. As esperanças de Benjamin foram frustradas pelo nazi-fascismo. A técnica, inclusive a do cinema foi usada como "um fetiche do holocausto". Numa época em que a sociedade está cada vez mais deslumbrada com os avanços da tecnologia e que a politica caminha inexoravelmente para "o triunfo da espetacularização", vale a pena retornar aalgumas considerações de Benjamin sobre o papel da tecnologia (e o lugar da ética) no universo da arte (e indústria) do cinema.

O ESCLARECIMENTO COMO MISTIFICAÇÃO DAS MASSAS E O PROCESSO IDEOLÓGICO.

De acordo com a interpretação de Adorno, no sistema capitalista a indústria cultural cria e impõe métodos de reprodução de bens, que são padronizados para satisfazer necessidades que são vistascomo iguais. O poder econômico dos mais fortes é o próprio poder da racionalidade técnica predominando numa sociedade alienada de si mesma. Dentro desta relação de poder e dominação os monopólios culturais são vistos por Adorno como fracos e dependentes, dando por fim razão aos verdadeiros donos do poder para que a sua esfera na sociedade de massa não seja submetida a uma série de expurgos.
Nomercado são encontradas diferentes indústrias que apresentam seus produtos, classificando-os de acordo com as novidades inventadas para iludir o consumidor acerca do que é o melhor em termos de técnica, equipamentos e trabalho influenciando no valor do produto.
A indústria cultural através dos meios de comunicação como no caso do cinema, faz com que os indivíduos percebam de forma ilusória areprodução mecânica dos filmes refletida na vida real. É como se a vida dentro da tela se tornasse um prolongamento da vida real. Atualmente, segundo Adorno, o consumidor de filme tem sua imaginação e espontaneidade paralisada pelos efeitos dessa máquina, que produz velozmente os fatos diante dos seus olhos. As pessoas são modeladas de acordo com o estabelecido pela indústria cultural.
A própriaarte através de suas formas e de sua estética demonstra uma falsidade ideológica, através da sua imitação que é vista como algo absoluto. Observa-se que Adorno faz referência ao liberalismo político-ideológico e ao liberalismo econômico, que através de suas idéias de que o homem se basta a si mesmo como indivíduo, acentua a pessoa como algo absoluto, ao mesmo tempo em que é marcado por um forteindividualismo e que nunca caracterizou por ser democrático e igualitário. A produção capitalista controlada pelos ideais de liberdade conduzem ideologicamente a massa, fazendo-a acreditar no mito do sucesso que é oferecido a todos igualmente, e que ao mesmo tempo escraviza através do poder da ilusão que acomete os homens.
A indústria cultural tenta da pior maneira reconciliar a contradição entre asduas, através da absorção da arte leve pela arte séria ou vice-versa.
A indústria cultural usa da técnica e dos melhores recursos para envolver o consumidor, levando até eles uma arte mais acessível de conteúdo oco, repetido e muitas vezes abandonado.
Pode-se constatar que na indústria cultural tudo se transforma em artigo de consumo, e que no mercado a arte, a música, o cinema, o rádio, tudo...
tracking img