Indisciplina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4077 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Pontifícia Universidade Católica do Paraná
ESCOLA DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES
CURSO DE PEDAGOGIA


DAIANE DINIZ FERNANDES










INDISCIPLINA DISCENTE NO AMBIENTE ESCOLAR















CURITIBA
2012
DAIANE DINIZ FERNANDES















INDISCIPLINA DISCENTE NO AMBIENTE ESCOLAR

ARTIGO DE CONCLUSÃO DADISCIPLINA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO III (ANOS INICIAIS- CICLO I) APRESENTADO AO CURSO DE PEDAGOGIA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ, COMO REQUISITO PARCIAL DE AVALIAÇÃO.


Orientadoras: Profª Irmgard Krüger Montoya e Maria Silvia Bacila Winkeler.









CURITIBA
2012
INDISCIPLINA DISCENTE NO AMBIENTE ESCOLARAUTORA: DAIANE DINIZ FERNANDES
Orientadoras: Profª Irmgard Krüger Montoya e Maria Silvia Bacila Winkeler

RESUMO

O presente artigo aborda a questão da indisciplina no contexto de uma sala de aula. Traz em foco a visão de alguns autores sobre essa temática, apontando as influências que há perante a conduta do aluno que o faz ser indisciplinadopara com o professor. Além disso, tem por objetivo analisar as causas da indisciplina na visão do docente e, por parte da autora do presente artigo, a relação desses estudos aplicados na prática, por ocasião da frequência a estágio supervisionado em uma escola pública municipal da cidade de Curitiba, PR. O corpo deste lista fatores mais diversos que influem no aprendizado do aluno e que o faz não daratenção à abordagem que é pretendida pelo professor. Em um foco atual, esses fatores foram observados no ambiente da escola, os quais foram discorridos um a um e comparados entre si, concluindo-se que, em breves palavras, há muito o que se descobrir para se dizer o real motivo da indisciplina do aluno e o porquê de sua ocorrência, já que os fatores que mais se destacam – problemas familiar,social, moral, religioso e outros por parte do discente – são variáveis caso a caso e dependem de cada contexto específico. No entanto, observa-se no corpo do artigo que as causas também se relacionam à má gestão da aula pelo docente, seja pela sua falta de atenção para o aluno, ou mesmo a não dedicação profunda pelo seu trabalho, que é o ensinar sem indisciplinar. Obviamente, a visão apresentadalimita-se à pesquisa bibliográfica e método de observação como metodologias, a qual certamente serve para início de futuros aprofundamentos. Todo aluno espera que a aula seja atrativa, pois, por exemplo, um simples ato de leitura, por vezes, ora não é chamativo, como ora não se faz por difícil. Do universo de alunos acompanhado no estágio supervisionado totalizam-se 33 (trinta e três), todos na faixaetária de 9 (nove) a 15 (quinze) anos de idade, frequentadores do 5º (quinto) ano do ensino fundamental.

Palavras-chave: Escola. Indisciplina. Aluno. Professor.



Introdução



Em diversos cenários, há inúmeros fatores que podem ser citados como os que levam à indisciplina. Desses ambientes, muitos ocorrem no contexto escolar.
A análise de cada fator deste ambiente épreponderante para que o professor saiba como lidar com a questão, a fim de que sua intenção na sala de aula seja alcançada.
O propósito último de um docente jamais pode ser o de não ensinar, porém atualmente, como citado por vários pesquisadores, tem sido recorrente certo desestímulo à arte de educar na escola.
Diante disso, este artigo mostra, em breve abordagem, todas possíveis causasde indisciplina que se vislumbram no ambiente escolar e, após, são comparadas para se triar uma melhor aprendizagem.
Ao final, traça-se um perfil específico de indisciplina de alunos em experiência prática durante estágio supervisionado, ocorrida com a autora do artigo quando de seu acompanhamento em uma escola pública municipal de Curitiba, PR.
Espera-se que esta explanação procure...
tracking img