Indisciplina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9836 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Nos últimos tempos, a indisciplina escolar vem inquietando educadores de todo país, tornando-se um desafio para as mais variadas instituições de ensino, seja particular ou pública, atuantes no país.
A partir de então, são comuns questionamentos como: qual será a causa dessa indisciplina? Porque, a cada dia que passa, esse problema se agrava aindamais? De onde vêm tanta vontade de desrespeitar todo o pessoal da escola, principalmente os pertencentes ao corpo docente?
Para responder tais questionamentos, faz-se necessário avaliar pontos como: a falta de limites, o desrespeito aos direitos dos outros, a incompreensão das regras de convivência, a falta de solidariedade, entre outros.
Existem muitosfatores capazes de provocar manifestações contrárias ao bom senso e questionar as razões que motivam tais atitudes pode culminar com o despertar para o diagnostico e a compreensão da solução para o problema.
Tem-se notado que a ausência da família no acompanhamento do processo educacional dificulta o trabalho dos educadores. A família é um núcleo fundamental na formação dos serespara introduzir as lições de cidadania e respeito ao próximo.
Antigamente, o aluno ia à escola para aprender e o professor para ensinar, ambas exclusivamente. Com o desenvolvimento da sociedade, dos meios de comunicação de massa e do avanço tecnológico, tudo mudou, tendendo a uma abertura maior para o diálogo e uma postura mais progressista. Os alunos gostam de aprender, temcuriosidade, precisam ser estimulados e a forma de aprendizagem passou ser mais prazerosa.
Neste âmbito, a escola deveria ser um centro de criação e de divulgação de idéias, além de trazer grandes contribuições para as comunidades, na área cultural, de lazer e, principalmente, intelectual.
O modelo tradicional da educação prevê alunos que aceitam passivamente osregulamentos escolares e os conhecimentos trazidos pelo professor, sem questionar a relevância ou não do que estão recebendo. No mundo atual, em que os valores, os conceitos e os relacionamentos sofreram grandes mudanças, querer manter uma estrutura tradicional é criar conflitos dentro da escola.
Os alunos de hoje já vêm para a sala de aula munidos de toda uma vivência social efamiliar constituída e nem sempre em concordância com o modo de pensar e agir da instituição da qual passarão a fazer parte. Dessa forma, a escola se apresenta, muitas vezes, distante do mundo real e, conseqüentemente, distante dos alunos, fazendo com que a disciplina tão almejada transforme-se em um problema sério para a aprendizagem e para os relacionamentos que são travados em todo o processoescolar.
Faz-se necessário, então, uma reflexão sobre as causas da indisciplina na escola para que diante de dados relevantes possa se pensar nas soluções mais viáveis para o problema. Almejando sempre a busca do ideal de caminhar juntos, corpo docente e discente, sem autoritarismos e punições, mas priorizando um relacionamento de mútuo respeito e afeto, onde o processoensino-aprendizagem seja sempre o mais importante.
Muitas vezes, os alunos desenvolvem tarefas eficazes e pertinentes fora da escola, mas quando se encontram dentro dela, transformam-se em pessoas desmotivadas, sem interesse na aprendizagem e com dificuldades sérias de relacionamento.
Partindo dessa primeira observação, é pertinente que reflexões sérias e relevantes sobreo assunto sejam realizadas, para que se possa reverter uma situação que incomoda e que tem suas origens não só na questão social, econômica e política, mas também na própria estrutura escolar que, muitas vezes, reproduz o modelo excludente da sociedade capitalista em que está inserida.
Sendo assim, o que se deseja com essa monografia é compreender como na percepção dos...
tracking img