Indice de desenvolvimento humano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1476 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
30/07/2012

Origem: O IDH foi criado em 1990, no âmbito do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento). A sua concepção reuniu um grupo de importantes economistas, liderados pelo paquistanês Mahbub ul Haq. Foi, no entanto, o indiano Amatya Sen quem formatou conceitual e metodologicamente o mapeamento dos dados qualitativos a serem colhidos, buscando garantir que estes pudessem serexpressos em números capazes de atrair a atenção das autoridades.


“O desenvolvimento pode ser visto, como um processo de expansão das liberdades reais de que desfrutam as pessoas. Enfocar a liberdade humana contrasta com concepções mais estreitas do desenvolvimento, como as que o identificam com o crescimento do produto nacional bruto ou com o aumento da renda pessoal, ou com aindustrialização, ou com o avanço tecnológico, ou com a modernização social...”
Amartya Sen Economista, vencedor do Prêmio Nobel de Economia em 1998.

Definição: Medida comparativa para classificação de países com base no grau de desenvolvimento humano da população. O IDH é divido em quatro categorias: muito alto, alto, médio e baixo.


Objetivo: Resignificar a comparação de desenvolvimento entrepaíses através da inclusão da dimensão humana nesta avaliação, de forma a deslocar a análise dos dados meramente econômicos. Mensurar a qualidade da vida humana em diferentes contextos econômicos.




Variáveis para mensuração do IDH:

- Longevidade: Baseia-se na expectativa de vida ao nascer. Nesta variável são considerados e avaliados o acesso da população aos serviços de saúde; índices demortalidade materna, natal e infantil; acesso à água potável e à alimentação de qualidade; acesso aos serviços de saneamento básico.

Renda: Calculada considerando o poder de compra das pessoas, com base em índice que mede a Paridade do Poder de Compra (PPC) nos diferentes países, a fim de eliminar as distorções que a medição por renda per capita poderia gerar. A incidência de altos níveis deconcentração de renda, que pode ser medida pelo Índice de Gini, é o principal fator de geração de distorções na renda per capita dos países.
-

- Índice de educação: Para obter uma boa avaliação nesta variável, um país precisa não apenas garantir a disponibilidade de acesso à educação, mas também ter baixos índices de evasão escolar. O índice é medido considerando o número de analfabetos e otempo médio de escolarização da população.

DISTRIBUIÇÃO DE RENDA NOS ESTADOS BRASILEIROS
por Coeficiente de Gini em 2009

Posição
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Santa Catarina São Paulo Paraná Rio Grande do Sul Mato Grosso Rondônia Amazonas Goiás Pará Minas Gerais Amapá Roraima

Estado

Índice
0,460 0,489 0,497 0,500 0,504 0,509 0,510 0,510 0,511 0,513 0,519 0,520 0,5210,523 0,532 0,538 0,542

Mato Grosso do Sul Tocantins Espírito Santo Maranhão Rio de Janeiro

18
19 20

Ceará
Pernambuco Piauí

0,544
0,554 0,555

21
22 23 24 25 26 27

Bahia
Rio Grande do Norte Alagoas Sergipe Paraíba Acre Distrito Federal

0,556
0,559 0,572 0,576 0,591 0,611 0,624

DADOS IDH BRASIL 2011
- Em 2011, o Brasil ficou na 83º posição no ranking global do IDH, tendosubido uma posição em comparação ao ano anterior (0,682). - De acordo com dados do PNUD, entre 2006 e 2011, o Brasil subiu três posições no ranking. Segundo a instituição, esta mobilidade ascendente está associada à elevação de renda da população, o que amplia, indiretamente, o seu acesso à saúde e à educação. Entre 2004 e 2009, a renda real média do brasileiro cresceu 20% segundo o IBGE. -Apesar dos avanços, o Brasil tem IDH abaixo da média da América Latina, que é de 0,731, ficando atrás do Chile, da Argentina, do Uruguai, do México, do Panamá, do Peru e do Equador. Segundo o PNUD esta situação se deve aos altos níveis de concentração de renda do país. - Na comparação com os BRICS (bloco de países emergentes composto por Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul), o Brasil fica...
tracking img