Indicadores de recursos humanos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1881 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Estácio de Sá de Goiás
Gestão em Recursos Humanos



Indicadores de Recursos Humanos


Goiânia,
Novembro 2012.
Faculdade Estácio de Sá de Goiás
Gestão em Recursos Humanos



Indicadores de Recursos Humanos

Trabalho apresentado como exigência parcial para avaliação da disciplina Métricasem RH, sob orientação da Profº Ludmilla Costa



Goiânia,
Novembro 2012.
2. Revisão teórica

2.1. Conceito de Indicadores
São dados ou informações que representam um determinado fenômeno e que são utilizados para medir um processo ou seus resultados. Servem para compreender e controlar um determinado processo, bem como contribuir para definição desuas metas de desempenho.
“Indicadores são procedimentos ou regras que associam práticas sóciotécnicas a escalas, que descrevem hierarquias ou ordens de preferência nos estados do mundo” (Barbará, 2008, p. 293). As escalas são conjuntos ordenados de todos os valores que as práticas em questão podem assumir e às vezes são semelhantes a uma régua graduada.
“Indicadores podem ser objeto derelatórios ou demonstrativos periódicos (mensais, trimestrais, anuais etc.). Podem, ainda, compor balanços ou balancetes sobre gestão de Recursos Humanos” (Assis, 2005, p. 88).

2.2. Tipos de Indicadores

2.2.1- Indicadores Demográficos
“Têm como objetivo ajudar na compreensão da força de trabalho ou do capital humano disponível, através de dados relativos a diversos indicadores” (Assis, 2005,p.19). Indicadores demográficos auxiliam no entendimento da quantidade, da disponibilidade, da diversidade, da rotatividade e da formação dos recursos humanos.

2.2.2- Indicadores Financeiros
“Diz respeito ao investimento que empresas fazem em pessoas, tanto empregados como recursos humanos, de forma geral, com os quais Organizações mantêm determinadas relações de trabalho” (Assis, 2005, p. 63).Podem ser úteis para tentar demonstrar o retorno do investimento em pessoas, sendo este um dos grandes desafios da gestão de Recursos Humanos, medir o retorno desse ativo, bem como conhecê-lo profundamente.

2.2.3- Indicadores de Desempenho
“Indicadores operacionais ou de processos nos ajudam a medir, predominantemente, o desempenho dos processos internos, embora possam focar o nível de eficáciaoperacional na percepção dos clientes internos e dos empregados em geral” (Assis, 2005, p. 85). Também são chamados de indicadores de eficiência, pois focam o consumo de recursos como o tempo, pessoas, dinheiro etc.

2.3. Gestão de Pessoas
A Gestão de Pessoas segundo Chiavenato (2010), “é extremamente contingencial e situacional, pois depende de vários aspectos, como a cultura que existe em cadaorganização, da estrutura organizacional adotada, das características do contexto ambiental, do negócio da organização da tecnologia utilizada, dos processos internos, do estilo de gestão utilizado e de uma infinidade de outras variáveis importantes”.
A Gestão de Pessoas é representada pelas organizações e pelas pessoas, sendo que, as organizações são constituídas de pessoas e dependem delaspara atingir seus objetivos e cumprir suas missões e para as pessoas, as organizações significa o meio do qual elas podem alcançar seus objetivos pessoais.
As organizações funcionam por meio das pessoas, fica difícil separar o comportamento das pessoas e das organizações e a maneira que as organizações denominam as pessoas que nela trabalham tem um significado importante, pois sinaliza claramentequal é o papel e o valor que elas atribuem às pessoas.

2.3.1- O Papel Atual da Gestão de Pessoas
Toda organização procura alcançar resultados globais do negócio. “Assim, a base fundamental para o alcance de resultados do negócio reside nos processos de gestão de talentos que cada organização é capaz de criar e utilizar” (Chiavenato, 2010, p. 555).
Há quatro papéis distintos para que a...
tracking img