Independencia historia e historiografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2834 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O MÍNIMO QUE se pode esperar de um livro de 27 historiadores com mais de novecentas páginas sobre um único tema é que ele venha com novidades. Pois o Independência: história e histo-riografia, lançado no segundo semestre de 2005 pela Hucitec e pela Fapesp, inovou na maneira de contar a história do processo de separação entre Brasil e Portugal.
Acostumamo-nos a entender a Inde-pendência doBrasil como um desfecho conservador para o período turbulento de crise nas relações entre a colônia e a metrópole, como um arranjo das elites marcado pelas permanências, onde os grupos dominantes trataram de garantir seus interesses por intermédio de D. Pedro que, por sua vez, assegurou a continuidade da Monarquia e da es-cravidão. Essa tem sido a história da Independência ensinada nos bancosescolares. Longe dela, no entanto, têm estado os resultados da pesquisa acadêmica.
O artigo "A Independência na historiografia brasileira" de Wilma Peres Costa, segundo texto do livro Inde-pendência: história e historiografia, constitui um excelente auxílio para o en-tendimento dos resultados alcançados pela historiografia mais recente, bem como do tratamento dado ao tema da Independência peloshistoriadores desde o século XIX. Nesse artigo, a professora da Unicamp lembra que atualmente os historiadores estão mais dispostos a discutir e a enfrentar como problemas de pesquisa as continuidades e as transformações que se deram entre o período colonial e o Brasil nascente. Naquelas décadas de crise do Antigo Regime português e de montagem do Estado nacional brasileiro, muita coisa permaneceu como eraantes, mas muito se transformou e, mais ainda, muitos acontecimentos, idéias e personagens que desconhecíamos têm sido agora documentados nos novos trabalhos historiográficos, como se vê pelo livro aqui em análise.
O livro foi organizado pelo professor István Jancsó e derivou do Seminário Internacional "Independência do Bra-sil: história e historiografia", realizado em setembro de 2003 naUniversidade de São Paulo. O seminário e o li-vro fazem parte das atividades e publicações promovidas em torno do Projeto Temático "A formação do Estado e da Nação brasileiros (1750-1850)", que por sua vez é coordenado pelo professor István e vinculado ao Instituto de Estudos Brasileiros — IEB/USP. Aliás, é uma pena que o leitor tenha sido privado de saber quais dentre os autores pertencem ao grupo doTemático, bem como de conhecer alguns dados sobre cada pesquisador, para que pudesse discernir entre aquele que começa a trabalhar com o período e outro, cujo texto abriga estudos e reflexões amealhados durante mais de uma década; talvez esse seja o único reparo a se fazer numa nova edição. No mais, o livro prima pelas características das demais obras publicadas pela Hucitec, tornando-se agradávelao leitor-historiador por suas muitas e extensas notas no rodapé de página.
A complexidade das abordagens dos historiadores desse livro torna difícil estabelecer fronteiras entre seus textos e tipificá-los a ponto de se encaixarem com exatidão numa das cinco partes em que o Independência: história e historiografia foi dividido: "Historiografia da Independência", "Independência e abrangênciasimpe-riais", "A Independência nas partes do Brasil", "Instrumentos da política" e, finalmente, "Idéias e interesses". O leitor pode percorrer o livro da maneira que achar mais conveniente, sem uma ordem necessária para os textos, já que a consistência alcançada pelos resultados de pesquisa e o intercâmbio que existe entre a maior parte desses pesquisadores tornam o conjunto dos artigos bastante coeso,sem nenhuma grande desigualdade entre eles.
Uma das perspectivas que se so-lidificaram entre os historiadores nos últimos tempos é a de investigar o passado colonial do Brasil tomando-o como América portuguesa, isto é, como uma construção de variadas formações sociais e econômicas, em variados lugares do território da América meridional que, de diversas maneiras, inseriam-se no conjunto do...
tracking img