Incotermes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2051 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA

INSTITUTO DE CIÊNCIAS

SOCIAIS E COMUNICAÇÃO - ICSC

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO












INCOTERMS













Nome: Valdemir Pereira dos Anjos

RA- A36jee-7













SÃOPAULO – SP

2012
INCOTERMS


Os Incoterms surgiram em 1936 quando a Câmara Internacional do Comercio - CCI, com sede em Paris, interpretaram e consolidaram as diversas formas contratuais que vinham sendo utilizadas no comercio internacional.

Ao longo do tempo se obteve revisões nos anos de 1953, 1967, 1976, 1980, 1990, 2000, 2010. O intuito é atualizar as regras com as práticas correntes decomércio internacional. A atual edição é de 2010 é a Publicação nº 715E da CCI.

Onde foi sendo aperfeiçoado cada processo tanto nos negócios e na logística,

no caso da logística procuraram absorver tecnologias sofisticadas, isso fez com que os Incoterms tivesse modificações ao longo dos anos.

O Incoterms pode ser considerado o instrumento mais importante no comercio exterior, pois unificaa linguagem internacional no que se refere aos riscos e custos de entrega de uma mercadoria.

É um instrumento que se limita aos direitos e obrigações de vendedores e compradores estabelecidos no contrato de compra e venda no que se refere a transporte, seguro, entrega e recebimento da mercadoria e custos de cada parte, é determinado quem deve contratar o transporte e pagar o frete, porém nãoentra na questão do contrato de transporte, que fica entre o transportador e o embarcador.

Lembrando que o Inconterms não é uma norma é apenas um conjunto de costumes de entrega utilizado em toda alfândegas de todo o mundo, por não ser uma norma no Brasil ela se encontra no manual aduaneiro conhecido como DI – Declaração de Importação.

Os chamados Incoterms (International Commercial Terms /Termos Internacionais de Comercio) servem para definir, dentro da estrutura de um contrato de compra e venda internacionais, os direitos e obrigações recíprocos do exportador e do importador, estabelecendo um conjunto padrão de definições e determinando regras e práticas neutras, como por exemplo: onde o exportador deve entregar a mercadoria, quem paga o frete, quem é o responsável pelacontratação do seguro.

Enfim, os Incoterms têm esse objetivo, uma vez que se trata de regras internacionais, imparciais, de caráter uniformizador, que constituem toda a base dos negócios internacionais e objetivam promover sua harmonia.

Na realidade, não impõem e sim propõem o entendimento entre vendedor e comprador, quanto as tarefas necessárias para deslocamento da mercadoria do local onde é elaboradaaté o local de destino final (zona de consumo): embalagem, transportes internos, licenças de exportação e de importação, movimentação em terminais, transporte e seguro internacionais etc.

Não podendo esquecer após agregados aos contratos de compra e vendam, os Incoterms passam a ter força legal, com seu significado jurídico preciso e efetivamente determinada. Assim, simplificam e agilizam aelaboração das cláusulas dos contratos de compra e venda.

O constante aperfeiçoamento do processo logístico, fez com que os Incoterms passassem por diversas modificações ao longo dos anos, culminando com um novo conjunto de regras, conhecido atualmente como Incoterms 2010.
Em 1 de janeiro de 2011 entrou em vigor a nova versão de Incoterms 2010, veja a relação a seguir,



EXW - EX WORKS(NAMED PLACES) A PARTIR DO LOCAL DE PRODUÇÃO (LOCAL DESIGNADO)

Nesse termo, o exportador encerra sua participação no negocio quando acondiciona a mercadoria na embalagem de transporte (caixa, saco, etc.) e a disponibiliza, no prazo estabelecido, no seu próprio estabelecimento.

Assim, cabe ao importador...
tracking img