Inclusão social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1976 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
OBJETIVO: O objetivo geral deste trabalho é encontrar soluções sobre o que se fazer, para que haja um processo de inclusão dos PNE’s de uma forma geral e incondicional que possa alcançar a todos, ajudando a solucionar esse problema que atinge todas as classes sociais. Tem-se como objetivos específicos: identificar o que é necessário para que haja contratações de portadores de necessidadesespeciais pela empresas; demonstrar quais são as dificuldades que uma pessoa portadora de deficiência enfrenta em unidades públicas e privadas; buscar soluções para coibir condutas daqueles que desrespeitam direitos e garantias que são assegurados aos portadores de necessidades especiais.
JUSTIFICATIVA: São vários os conflitos que tem sido enfrentados na concretização dos ideais da inclusão. Osproblemas esbarram em diferentes níveis, pois envolvem desde a esfera governamental até a pessoal. Nos últimos anos, a preocupação com problemas de exclusão social ganharam impulso, tendo o conceito tomado lugar de muitos outros: pobreza, miséria, desemprego, exploração, discriminação, marginalização, segregação. Com o crescimento da preocupação com a exclusão social, o seu oposto dialético - ainclusão social - tomou impulso, primeiro nos meios acadêmicos e técnicos, depois junto à mídia e, mais especificamente, junto ao setores ligados à educação e promoção social. A inclusão social constitui um processo bilateral no qual as pessoas, ainda excluídas, e a sociedade buscam, em parceria, equacionar problemas, decidir sobre soluções e efetivar a equiparação de oportunidades para todos.INTRODUÇÃO: A história revela para a humanidade o caminho da exclusão social e humana do homem. Se, no passado, o indivíduo com algum comprometimento era banido da sociedade através da morte, hoje, este tipo de eliminação não é mais praticado, porém uma exclusão sutil acontece através das instituições, como cadeias, asilos e tantas outras que foram criadas com este objetivo: segregar o "diferente" dasociedade. A sociedade em que vivemos se caracteriza por estabelecer alguns padrões de comportamento, tanto de corpo como de formas de ver o mundo e aqueles que não se enquadram nesses padrões tornam-se marginalizados, rejeitados e excluídos do seu convívio social. Ao recorrer à história da humanidade, desde os tempos mais remotos, percebemos que esse pensamento de exclusão ao diferente sempre estevepresente em todas as sociedades, pois ao longo do tempo produziram e produzem uma visão padronizada e classifica as pessoas de acordo com esta, elegendo padrões de normalidade e se esquece de que ela é formada e construída na diversidade, pois, nem todas as pessoas são iguais. Existe certo grupo que apresenta algumas limitações, ou falta de habilidade na realização de uma atividade comparada aodesempenho da média de um total de pessoas; a este grupo, dá-se o nome de portadoras de necessidades especiais (PNE'S). Mesmo com algumas habilidades reduzidas, deve-se apoiar a inclusão das pessoas portadoras de deficiência na sociedade e no mercado de trabalho. Para tentar amenizar o problema de que algumas empresas não empregam pessoas portadoras de deficiência foram criadas leis de proteção aodeficiente. Estas leis não visam apenas diluir o preconceito existente, mas também, facilitar a inclusão deste grupo de pessoas na sociedade.
DESENVOLVIMENTO: Considerando que a diferença é inerente ao ser humano, e reconhecendo a diversidade como algo natural, em que cada ser pode usar de seus direitos coletivos na sociedade, um novo conceito surge, denominado “Inclusão”. “Este é o termo que seencontrou para definir uma sociedade que considera todos os seus membros como cidadãos legítimos" Mader in MANTOAN (1997, p 47). "Conceitua-se a inclusão social como o processo pelo qual a sociedade se adapta para poder incluir, em seus sistemas sociais gerais, pessoas com necessidades especiais e, simultaneamente, estas se preparam para assumir seus papéis na sociedade" SASSAKI (1997, p. 41)....
tracking img