Incidancia de acidentes de motos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI














MICHEL ALVES SOUSA

















ESTUDO RETROSPECTIVO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO POR MOTO NO ANO DE 2011 EM UM HOSPITAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA DE TERESINA - PI
































TERESINA – PI


2012



MICHEL ALVES SOUSAESTUDO RETROSPECTIVO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO POR MOTO NO ANO DE 2011 EM UM HOSPITAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA DE TERESINA - PI













Projeto de Pesquisa apresentado ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí como requisito avaliativo da disciplina TCC IOrientadora: Profª Drª. Fernanda Valéria Silva Dantas Avelino






















TERESINA – PI


2012


SUMÁRIO


1.INTRODUÇÃO------------------------------------------------------------- 4


2.REVISÃO DE LITERATURA------------------------------------------- 63.METODOLOGIA----------------------------------------------------------- 8


4.CRONOGRAMA----------------------------------------------------------- 10


5.ORÇAMENTO-------------------------------------------------------------- 11


6.REFERÊNCIAS------------------------------------------------------------ 12


APÊNDICES


ANEXOS





1.INTRODUÇÃO






1.1 DELIMITAÇÃO DOPROBLEMA


O aumento do número de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas preocupa não só os órgãos de trânsito do país, como também, a Organização Mundial da Saúde (OMS) que está convencida de que os motociclistas são os principais responsáveis pelos acidentes.


A partir da década de 1980, as causas externas passaram a representar um grande problema de saúde pública no Brasil,alcançando níveis próximos aos ocupados pelas doenças cardiovasculares, as quais lideram o principal grupo de causas de morbimortalidade.


Segundo dados do DATASUS, em 2007, dos 59.683 atendimentos registrados pelo Inquérito de Vigilância de Violências e Acidentes – (VIVA 2007), 14.223 foram por acidentes de transporte (que corresponde a 23,83%), dos quais, 6.837 ou 48,07% foramenvolvendo motocicletas. No Piauí, das 741 ocorrências registradas pela pesquisa, 442 ou 59,64% envolviam motociclistas.


Os acidentes, em geral, são complicados, pois englobam uma série de eventos e fatores ambientais que muitas vezes estão ligados ao usuário, ao próprio veículo e também à via pública, onerando os custos do serviço de saúde bem como o de infraestrutura.


Dosprincipais agravos à saúde relacionados aos acidentes automobilísticos, destacam-se os Traumas Crânio Encefálico (TCE), Trauma Raquio Medular (TRM), e as fraturas.


1.2 OBJETO DE ESTUDO


- Vítimas de acidentes envolvendo motocicletas que chegaram a um hospital público de urgência e emergência de Teresina – PI no ano de 2011.


1.3 OBJETIVO GERAL


- Determinar aincidência de agravos à saúde em vítimas de acidentes com motocicletas em um hospital público de urgência e emergência de Teresina – PI, no ano de 2011.


1.4 OBJETIVOS ESPECÍFICOS


- Traçar o perfil das vítimas de acidentes com motocicleta no ano de 2011 em um hospital público de urgência e emergência de Teresina – PI.


- Identificar: o sexo predominante e a faixa etáriana ocorrência desses acidentes;


- Identificar o tempo de internação desse paciente;


- Identificar os agravos decorrentes desse acidente e/ou de complicações durante a internação.


1.5 JUSTIFICATIVA


Após ter participado de uma pesquisa de Violências e Acidentes em um hospital público de urgência e emergência de na cidade de Teresina – PI identifiquei um...
tracking img