Incendios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2703 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução



Este trabalho objetiva definir o TRABALHO À QUENTE, além de demonstrar os riscos e as doenças ocupacionais advindas da tarefa e ainda afirmar que ao utilizar os EPI’s e EPC’s necessários reduzimos ou até eliminamos esses eventos.

Neste trabalho citamos os tipos de Trabalho a Quente e apontamos o sistema de Prevenção, além de especificar o Processo para a execução do trabalho.Vamos citar as principais disposições das Normas que são: Prevenção de Acidentes e Explosão, Armazenamento de Cilindros de Gás Comprimido, Proteção Pessoal, Proteção de Saúde e Ventilação.

Para assegurar condições básicas para Trabalho a Quente, devemos utilizar um sistema de autorização para monitorar trabalhos a quente e implantar a formação uma Brigada de Incêndio pronta para ação.Através deste trabalho podemos apontar um programa efetivo de proteção com a implantação de procedimentos seguros no Trabalho a Quente que minimizam os danos, mediante monitoração constante.





























Trabalho a Quente



Conforme NR 34, Ítem 34.5, Sub-ítem 34.5.1 Considera-se Trabalho a Quente as atividades que possam gerar fontes de ignição comoaquecimento, centelha ou chama.

As operações em Trabalhos a Quente devem ser monitoradas cuidadosamente para minimizar a ameaça de incêndio e a prevenção de doenças ocupacionais.



Tipos de Trabalho a Quente



Podemos citar como Tipos de Trabalho a Quente as atividades de soldagem, goivagem, esmerilhamento, corte ou outras que possam causar a ignição de combustíveis sólidos, líquidosou gasosos, incluindo corte com maçarico, solda oxi-acetilênica, solda por arco, aplicação de revestimento em teto com chama aberta, lixamento, aquecimento ou cura com chama exposta e qualquer outro tipo de serviço que possa gerar fagulhas ou chamas.



Os Riscos


O Trabalho a Quente apresenta dois riscos específicos:

• Chamas abertas ou faíscas capazes de proporcionar Incêndios• A Produção de Fumaças e Gazes Tóxicos, os Fumos e Contaminantes



Prevenção Contra Incêndios



Podemos dizer que o Trabalho a Quente é uma das principais causas de incêndios e chegam à atingir 17%, conforme as estatísticas.

O Sistema de Prevenção de Incêndios deve ser eficaz nos locais de Trabalho a Quente para o controle e a eliminação de possíveis riscos de incêndios.[pic]

Fonte: National Fire Prevention Association – USA





[pic]



O Sistema de Prevenção no Trabalho a Quente deve ser executado em três fases:

• Pré-Operações de Trabalho à Quente
• Durante as Operações de Trabalho a Quente
• Inspeção e Acompanhamento Pós Operações de Trabalho a Quente





Pré Operações de Trabalho a Quente


Para a execução doTrabalho a Quente, o local do serviço deve ser previamente avaliado para garantir a segurança dos trabalhadores e evitar riscos de incêndio.
A área só deverá ser liberada após a constatação de um sistema de Prevenção de Incêndio eficaz e a remoção de todos os produtos inflamáveis, principalmente os líquidos, além disso devem ser verificados os andares superiores e inferiores, para eliminar o risco depropagação.
O local e as áreas próximas devem estar limpos e secos e ser mantidos livre de quaisquer materiais combustíveis.
O Trabalho a Quente somente poderá ser executado por profissional qualificado.



Permissão de Trabalho a Quente


Após verificar as precauções a serem tomadas, a pessoa responsável pela autorização do serviço emitirá uma Permissão de Trabalho em duas vias, ficandouma na posse do executante e a outra do emitente. A utilização apropriada da Autorização por escrito auxilia as etapas do trabalho e o seu passo a passo garante a execução do Trabalho a Quente com Segurança.




|PERMISSÃO DE SERVIÇOS A QUENTE |
|Deverão ser tomadas as devidas precauções...
tracking img