Impressora matricial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7559 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. introdução

Chamamos de linguagem das impressoras aos programas residentes na placa lógica da impressora que controlam a mesma. De todos esses programas, destacamos os dois principais: Porst Script e PCL - Print Control Language.
Porst Script é o nome de uma linguagem padrão de impressoras, usada principalmente nas do tipo LASER. Estas permitem imprimir gráficos eimagens de alta resolução.
A linguagem PCL é o outro tipo de linguagem bastante comum nas matriciais e jato de tinta. É importante que não se confunda linguagem de impressora com DRIVE de impressora. O DRIVE é um software que faz a interface da impressora com a CPU.
E importante lembrar também que uma impressora quando imprime apenas em modo windows, é porque a mesma nãopossui linguagem residente ,ou seja, a linguagem que o computador está enviando tem que ser decodificada para ser impressa pois será preciso um drive para o equipamento entender o que o micro está enviando.

????????????????????

CABO DE COMUNICAÇÃO

Alguns exemplos de impressoras que só imprimem em modo WINDOWS, ou seja,com seus respectivos DRIVES.

|LEXMARK 150C |[pic] |
|OKIDATA 2010 | |
|XEROX XJ4257 ||
|HP 820CXI |[pic] |

2. PARÂMETROS BÁSICOS NO ENTENDIMENTO DAS IMPRESSORAS:

CPS

Consiste no número de caracteres que a impressora é capaz de imprimir em um segundo, razão pela qual se denominaCPS – Caracteres por segundo. Há ainda uma especificação chamada de PPM - páginas por minuto,que se refere à velocidade das impressora de página, ou seja, as impressoras a jato de tinta e lasers. Quanto maior o número PPM, mais veloz ela é.

DPI

Quantidade de pontos por polegada - é a determinação da qualidade da impressora. Quanto maior o DPI melhor é a sua qualidade de resolução. Porexemplo, uma impressora a LASER oferece 300 DPI de resolução, contra menos de 100 em uma impressora matricial.

LINE FEED-(LF)

Sempre ao se referir o termo, trata-se do circuito ou mecanismo de avanço do papel.

FORM FEED- (FF)

Termo relacionado ao salto completo de uma página, ou seja do formulário.

TEAR OFF

Relacionado a corte do papel no picote.

DRAFT

Modo de impressãorápido(rascunho)

LETTER

Modo de impressão mais lento: qualidade carta ou negrito

BUFFER

Memória reservada para conter dados de forma temporal. É utilizada para compensar a diferença de velocidade entre dois dispositivos

3.INTERFACES SERIAL , PARALELA

PARALELA

Entende-se por comunicação paralela, quando os dados do computador são enviados de forma paralela como na figura abaixo:D0___________________
D1________________
D3________________
D4________________
D5________________
D6________________
D7________________

Em relação ao cabo de comunicação , o cabo não poderá ultrapassar o tamanho padrão de 3metros, sendo que passando deste tamanho poderá ocorrer problemas de comunicação do tipo: imprimir gráficos com distorção ou textostruncados.

Nota: os fabricantes de impressoras recomendam o cabo paralelo padrão : IEE 1284

É de extrema importância a observação no setup do microcomputador em relação ao tipo de saída paralela, que irá influenciar na velocidade de transmissão, podendo ocorrer vários tipos de erros, desde a comunicação truncada (comunicação de caracteres malucos) até mesmo o erro de porta LPT1.

Modos de...
tracking img