Imprensa escrita

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1793 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso: Técnicas de Gestão da Produção da Industria da Cortiça Acção: 0111TGC
Módulo: “Os Médias Hoje” Domínio de Formação: Viver em Português
Formadora: Dr.ª Sílvia Cruz Data de Entrega: 02/03/2012
Formandos: Ana Loureiro
Patrícia Costa
Daniela Silva
Rogério Ferreira
Introdução
Este trabalho,intitulado como “Os médias e as suas Funções – Imprensa”, foi realizado no presente ano letivo no âmbito da disciplina de Viver em Português, do 1º ano do Curso de Técnicas de Gestão da Produção da Cortiça, no Centro de Formação Cincork, Santa Maria de Lamas.
O objetivo deste trabalho é mostrar as potencialidades e a importância do Jornal na actualidade e dar a conhecer um pouco da história deste meiode comunicação social.
Os meios de comunicação social têm cada vez mais um papel interventivo na sociedade atual, não só pela informação que prestam, mas também pelo facto de serem geradores da opinião pública. Focalizando-nos no nosso tema o Jornal pelo facto de ser pioneiro na divulgação de informações revela-se um dos médias de maior importância.
O nosso trabalho inicia-se com a definição daimprensa, seguida por uma breve síntese histórica sobre o jornal sucessivamente apresentamos a caracterização (funções) do meio de comunicação em estudo, por último apresentamos uma reflexão sobre as potencialidades do jornal e uma breve conclusão.

Definição de Imprensa
Imprensa é a designação coletiva dos veículos de comunicação que exercem o Jornalismo e outras funções de comunicaçãoinformativa — em contraste com a comunicação puramente propagandística ou de entretenimento.
O termo imprensa deriva da prensa móvel, processo gráfico aperfeiçoado por Johannes Guttenberg no século XV e que, a partir do século XVIII, foi usado para imprimir jornais, então os únicos veículos jornalísticos existentes. De meados do século XX em diante, os jornais passaram a ser também radiodifundidos eteledifundidos (radiojornal e telejornal) e, com o advento da World Wide Web, vieram também os jornais online, ou ciberjornais, ou webjornais. O termo "imprensa", contudo, foi mantido.

Primeiras máquinas de impressão (Rotativa)

Síntese Histórica
O termo “jornalismo” é relativamente moderno porem a sua historia é muito antiga e se confunde, inevitavelmente, com a da imprensa.
JORNAISPORTUGUESES ANTIGOS
A primeira publicação regular que se tem notícia foi Acta Diurna, que o Imperador Augusto mandava colocar no Fórum Romano no século I da nossa era, gravadas em metal ou pedra. Já naquele tempo abrangia a todas as pessoas visto que era colocado em locais públicos e já suportava no seu conteúdo factos diversos como notícias militares, obituários, crónicas desportivas, entre outrosassuntos.
Só a partir de 713 d.C., na China, é que apareceu o primeiro jornal em papel chamado por Notícias Diversas que foi publicado como um panfleto. Também na China, em 1041, foi inventado o tipo móvel. Em 1440, Johannes Guttemberg desenvolve a tecnologia da prensa móvel, utilizando os tipos móveis, caracteres avulsos gravados em blocos de madeira ou chumbo).
Esta arte propagou-se com umarapidez impressionante por todo o mundo. Entre 1451 e 1470 a Europa foi também contagiada por este meio de passar de informação.
O primeiro jornal em português foi fundado em 1641, em Portugal e chamava-se “A Gazeta da Restauração de Lisboa”.
O jornal mais antigo do Mundo ainda em circulação foi o Sueco Post-onc Inrikes Tidningar, que teve inicio em 1645. Ate então, estas publicações eramsemanais, quinzenais, mensais ou irregulares. Foi só a partir de 1650 que surgiu o primeiro jornal impresso diário do Mundo, o Einkommende Zeitugen (Noticias Recebidas) fundado na Alemanha.
O Brasil demora a conhecer a imprensa, por causa da censura e da proibição de tipografias na colónia, impostas pela Coroa Portuguesa, somente em 1808 é que aparecem os primeiros jornais.
Actualmente, o...
tracking img