Imposto de renda e depreciação na analise de investimento

A influência do Imposto de renda1
Do ponto de vista de uma empresa, o que realmente importa, quando de uma Análise de investimentos, é o que se ganha após os impostos.
Acarga tributária representa um ônus real, cujo efeito é o de reduzir o valor dos fluxos monetários resultantes de um dado investimento. Isto ocasiona, muitas vezes, a transformaçãode projetos rentáveis antes da consideração de sua incidência em antieconômicos quando o imposto de renda for levado em conta. Portanto, torna-se importante a inclusão doimposto de renda na análise econômica de projetos.
O imposto de renda incide sobre o lucro tributável da empresa que, por sua vez, é influenciado por procedimentos da contabilidadeda depreciação, que visam assegurar
condições para a reposição dos ativos fixos da empresa, quando isto se tornar necessário à continuidade das operações. Por esta razão, alegislação tributária permite às empresas
deduzirem de seu lucro anual a correspondente carga de depreciação para fins de cálculo do imposto de renda.
Conforme legislação emvigor, o imposto de renda, em geral, é apurado pela aplicação de uma alíquota de 15% sobre o lucro tributável da empresa. Para lucros tributáveis superiores a R$ 240.000,00 por ano(R$ 20.000,00 por mês) é aplicada uma taxa de 10% sobre o lucro que excede a este limite.
Também incidente sobre o lucro tributável, a contribuição social deve ser consideradana análise de investimentos. Para empresas industriais a alíquota da contribuição social é de 9% sobre o lucro tributável.
Nem sempre o lucro contábil é igual ao lucrotributável, ou seja, aquele sobre o qual incide a alíquota do imposto de renda. Apurado o resultado contábil, a este deverão ser feitos alguns ajustes, chamados de inclusões ou exclusões.
tracking img