Importancia da estatistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3060 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
IMPORTÂNCIA DA ESTATÍSTICA PARA O PROCESSO
DE CONHECIMENTO E TOMADA DE DECISÃO

1 INTRODUÇÃO
Durante o século XX, segundo Salsburg (2009), a Estatística revolucionou a ciência através do fornecimento de modelos úteis que sofisticaram o processo de pesquisa na direção de melhores parâmetros de investigação, permitindo orientar a tomada de decisões nas políticas socioeconômicas. Para Stigler(1986), os métodos estatísticos foram desenvolvidos como uma mistura de ciência, tecnologia e lógica para a solução e investigação de problemas em várias áreas do conhecimento humano.

A chegada de computadores pessoais cada vez mais poderosos foi decisiva e fez com que a Estatística se tornasse mais acessível aos pesquisadores dos diferentes campos de atuação. Atualmente, os equipamentos esoftwares permitem a manipulação de grande quantidade de dados, o que veio a dinamizar o emprego dos métodos estatísticos.

Hoje, a utilização da estatística está disseminada nas universidades, nas empresas privadas e públicas. Gráficos e tabelas são apresentados na exposição de resultados das empresas. Dados numéricos são usados para aprimorar e aumentar a produção. Censos demográficos auxiliam ogoverno a entender melhor sua população e a organizar seus gastos com saúde, educação, saneamento básico, infraestrutura etc. Com a velocidade da informação, a estatística passou a ser uma ferramenta essencial na produção e disseminação do conhecimento. O grau de importância atribuído à estatística é tão grande que praticamente todos os governos possuem organismos oficiais destinados à realização deestudos estatísticos.

No Brasil, segundo o IBGE, durante o período imperial, o único órgão com atividades exclusivamente estatísticas era a Diretoria Geral de Estatística, criada em 1871. No ano de 1872, houve o primeiro censo da população brasileira, feito por José Maria da Silva Paranhos, conhecido como Visconde do Rio Branco. Durante o período da República, o governo brasileiro sentiunecessidade de ampliar essas atividades, principalmente depois da implantação do registro civil de nascimentos, casamentos e óbitos. Além disso, a carência de um órgão capacitado a articular e coordenar as pesquisas estatísticas, unificando a ação dos serviços especializados em funcionamento no País, favoreceu a criação, em 1934, do Instituto Nacional de Estatística (INE), que iniciou suas atividades em29 de maio de 1936, ano em que foi instituído o Conselho Brasileiro de Geografia, incorporado ao INE, que passou a se chamar, então, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Desde então, o IBGE cumpre a sua missão: identificar e analisar o território, contar a população, mostrar como a economia evolui através do trabalho e da produção da sociedade, revelando como as sociedadesvivem. O IBGE é o principal provedor de dados e informações do País, atendendo às necessidades dos mais diversos segmentos da sociedade civil bem como dos órgãos das esferas governamentais federal, estadual e municipal, oferecendo uma visão completa e atual do País, através do desempenho de suas principais funções, a saber:
• coordenação, produção, análise e consolidação de informações estatísticas;• produção, análise e consolidação de informações geográficas;
• estruturação e implantação de um sistema de informações ambientais;
• documentação e disseminação de informações;
• coordenação dos sistemas estatísticos e cartográficos nacionais.
Assim, o IBGE, ao qual a Escola Nacional de Ciências Estatísticas está vinculada, passou a ser o órgão responsável pela produção das estatísticasoficiais que subsidiam estudos e planejamentos governamentais no País. É uma instituição da administração pública federal, subordinada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, que possui quatro diretorias e dois outros órgãos centrais.

Para que suas atividades possam cobrir todo o território nacional, o IBGE possui a rede nacional de pesquisa e disseminação, composta por: 27 Unidades...
tracking img