Importância da alimentação para saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1197 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BENEFÍCIOS E MALEFÍCIOS DOS ALIMENTOS

Enquanto a medicina busca adequar à alimentação a favor da saúde, aparecem informações sobre os benefícios e malefícios dos alimentos. O café, por exemplo, consumido em grandes quantidades provoca gastrite, elevação da pressão arterial e insônia. O consumo moderado, porém, auxilia na concentração e na memória e diminui o risco de doenças degenerativas.Melhora o humor, assim como casos de depressão. O chocolate, sinônimo de gordura e açúcar, faz bem ao coração. O abacate, que apresenta grande quantidade de calorias, é rico em diversos nutrientes como os óleos mono e poli-insaturados, que contribuem com a energia e melhoram os níveis de colesterol do organismo, ajudando a evitar doenças do coração.
Com tantas mudanças, a grande dúvida é como aliarnovas descobertas a uma dieta saudável. A dica é simples: quase todos os alimentos, se produzidos e comercializados adequadamente, são benéficos à saúde. Cada um contribui para a boa nutrição. O problema não está necessariamente no tipo de alimento, mas sim na forma e quantidade que ele é consumido. "A receita de uma alimentação saudável é o equilíbrio. Todos os alimentos são importantes, desdeque façam parte de uma dieta balanceada", esclarece o médico nutrólogo e diretor da Associação Brasileira de Nutrologia, Paulo Henkin.

ALIMENTOS FUNCIONAIS

Os alimentos funcionais ou nutracêuticos são aqueles que colaboram para melhorar o metabolismo e prevenir problemas de saúde. Ou pelo menos deveriam ser assim: os cientistas já reconhecem as propriedades funcionais de muitos dessesalimentos, porém os estudos ainda não são conclusivos. “A ciência ainda não consegue determinar uma dieta diária de alimentos funcionais que atenda a todas as necessidades do organismo”, explica Valdemiro Sgarbieri, da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp.
Essas substâncias não são novidades, como às vezes prega a indústria de alimentos. As isoflavonas, por exemplo, compostos que ajudam naredução do colesterol ruim, fazem parte da alimentação humana desde que a soja foi descoberta pelos chineses, há mais de 5000 anos.
Para chegarem ao mercado, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária exige que o fabricante apresente provas científicas das propriedades funcionais alegadas na embalagem. Mas não se entusiasme demais com os rótulos: um litro de leite com ômega3, por exemplo, oferecemenos desse ácido graxo que uma posta de salmão.

Beta caroteno.
O que faz: Ajuda a diminuir o risco de câncer.
Como age: Quando ingerimos gorduras e proteínas, o beta caroteno se converte em vitamina A, protegendo as células do envelhecimento.
Onde encontrar: Abóbora, cenoura, mamão, manga, damasco, espinafre, couve.

Isoflavonas
O que fazem: Atenuam os sintomas da menopausa.
Como agem:Por ter uma estrutura química semelhante ao estrógeno (hormônio feminino), alivia os efeitos de calor e cansaço da menopausa e da tensão pré-menstrual.
Onde encontrar: Soja e seus derivados.

Licopeno
O que faz: Está relacionado à diminuição do risco de câncer de próstata.
Como age: Evita e repara os danos dos radicais livres que alteram o DNA das células e desencadeiam o câncer.
Ondeencontrar: Tomate e seus derivados, além de beterraba e pimentão.

Ômega3.
O que faz: Diminui o risco de doenças cardiovasculares.
Como age: Reduz os níveis de tri glicerídeos e do colesterol total do sangue, sem acumulá-lo nos vaso sanguíneos do coração.
Onde encontrar: Peixes de água fria, como salmão e truta, e óleo de peixes.

Flavonóides:
O que fazem: Diminuem o risco de câncer e atuam comoanti-inflamatórios.
Como agem: Anulam a dioxina, substância altamente tóxica usada em agrotóxicos.
Onde encontrar: Suco natural de uva e vinho tinto, além de alimentos como café, chá verde, chocolate e própolis.

Pro bióticos:
O que fazem: São micro-organismos vivos que ajudam no equilíbrio da flora intestinal.
Como agem: Impedem que bactérias e outros microrganismos patogênicos se...
tracking img