Implantação de sistema agrosilvipastoril

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1925 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - Introdução
A instabilidade dos preços dos produtos e insumos agropecuários, além de outros aspectos, muitas vezes conduz os produtores rurais a rever seus modelos de produção ou a procurararem novas oportunidades de mercado. Aliado a este falto, o manejo inadequado do solo tem promovido a diminuição dos índices de produtividade e, frequentemente, a degradação das áreas agricultáveis nodecorrer do tempo. Este processo é comumente observado naquelas regiões onde predominam as pastagens extensivas, que constituem a base da alimentação agropecuária do Brasil (MACEDO, 2005).
Como conseqüência desta condição são crescentes as discussões no sentido de se buscar modelos alternativos de produção,que sejam mais eficientes economicamente e ambientalmente.Neste sentido, o SistemaAgrossilvipastoril surge como potencial, uma vez que diversifica a produção através de consorciação de árvores,culturas agrícolas,pastagens e, ou, animais.
Diante das diversas formas de implantação e manejo dos Sistemas Agrossilvipastoris, recentemente ampliaram-se as discussões a respeito do modelo denominado Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), resultado da inserção do componente florestal na jápraticada Integração Lavoura-Pecuária (ILP).
Nesta integração, potencial para recuperação/renovação de pastagens degradadas, a espécie forrageira é implantada justamente com a cultura agrícola,podendo, inclusive, compor uma estratégia de manejo rotacionando (KLUTHCOUSKI et al., 2007) .
A proposta de consorciar árvores com culturas agrícolas no Brasil teve como importante fato científico o trabalhode Gurgel Filho (1962), que analisou a viabilidade de se cultivar milho nas entrelinhas de eucalipto. Entretanto, de acordo com Macedo et al. (2010), os primeiros relatos de plantios consorciados de eucalipto com animais foram registrados por Andrade e Vecchi (1918), que relataram experiências com ovinos em pastoreio sob as árvores. A institucionalização destes modelos de produção teve tambémcomo importante fato a criação da disciplina Agrossilvicultura, ciência que estuda os Sistemas Agrossilvipastoris, em 1987, no Departamento de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Viçosa, onde inúmeras atividades de ensino, pesquisa e extensão foram até então conduzidas (COUTO et al., 2004).

2- Por que manejar as plantas daninhas?

As plantas daninhas possuem elevada capacidadecompetitiva em relação às demais culturas, por possuírem mecanismos intrínsecos a ela que permitem um melhor aproveitamento dos recursos de maneira mais rápida que a cultura.
A competição entre plantas daninhas e culturas é um fator critico para o desenvolvimento da planta cultivada quando a espécie daninha se estabelece junto ou primeiro que a cultura. Todavia, se a cultura se estabelece primeiro,ele poderá cobrir rapidamente o solo, podendo inibir ou excluir significativamente o crescimento de plantas daninhas. Portanto torna-se imprescindível o manejo de plantas daninhas, visando o estabelecimento da cultura e evitar com que as mesmas causem danos econômicos.

Principais espécies infestantes
Do ponto de vista morfofisiológico, o estabelecimento das plantas daninhas envolve o processode germinação da semente, crescimento e desenvolvimento da planta, envolvendo os complexos aspectos morfogênicos e edafoclimáticos (Silva et al, 2007).
Na área onde ocorrerá a implantação do Sistema Agrossilvipastil, correspondente a 100ha de pastagem degradada houve a ocorrência de determinadas espécies consideradas daninhas que estão homogeneamente distribuídas em toda a área.
Quandomanejá-las?
Para a implantação das culturas em Sistemas Agrossilvipastoris, sobre plantio direto, é necessário fazer o controle das plantas daninhas presentes na área por meio da aplicação de herbicidas dessecantes. Essa operação substitui a aração e gradagem do plantio convencional.
A dessecação deve ser realizada quando as plantas apresentarem um bom vigor vegetativo e quando as condições ambientais...
tracking img