Impermeabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2221 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE UBERABA
WISLEY RAFAEL DE PAULA CASTRO



















TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO I: IMPERMEABILIZAÇÃO


















UBERABA – MG
2012
WISLEY RAFAEL DE PAULA CASTRO



















TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO I: IMPERMEABILIZAÇÃO




Trabalho apresentado a Universidade de Uberabaao Curso de Engenharia Civil como parte das exigências da disciplina Tecnologia da Construção I do 5º período.


Professor: Douglas Tsukamoto
























UBERABA – MG
2012
1 IMPERMEABILIZAÇÃO DE VIGA BALDRAME


Independente do tipo de fundação adotada deveu executar uma impermeabilização no respaldo da viga baldrame.A fundação sempre é  executada num nível inferior ao do piso, sendo necessário assentar algumas fiadas de tijolos sobre a sapata corrida ou sobre o baldrame, até alcançarmos o nível do piso (Alvenaria de embasamento).
No tijolo a água sobe por capilaridade, penetrando até a altura de 1,50m nas paredes superiores, causando sérios transtornos.
Portanto é indispensável uma boaimpermeabilização no respaldo dos alicerces, local mais indicado para isso, pois é o ponto de ligação entre a parede que está livre de contato com o terreno e a viga baldrame.


[pic]




O processo mais utilizado é através de argamassa rígida; usando, geralmente, impermeável gorduroso (Vedacit ou similar), dosado em argamassa de cimento e areia em traço 1:3 em volume:• 1 lata de cimento (18 litros)
• 3 latas de areia (54 litros)
• 1,5 kg de impermeável
Após a cura da argamassa impermeável a superfície é pintada com piche líquido (Neutrol ou similar), pois o piche penetra nas possíveis falhas de camadas, corrigindo  os pontos fracos. Devemos aplicar duas demãos e em cruz.
Outro processo utilizado dispensa o uso da pintura compiche líquido sobre a argamassa.
Nesse sistema aplica-se uma argamassa de cimento e areia no traço 1:3 e pintura com cimento cristalizante e aditivo (Kz + água + K11 na proporção de 1:4:12; Viaplus 1000; Tec 100 ou similar). Podemos utilizar aditivo acrílico que proporciona uma composição semi flexível. Aplicar sempre com as paredes úmidas em três demãos cruzadas.
Recomendaçõesimportantes para uma boa execução da impermeabilização:


• Deve-se sempre dobrar lateralmente cerca de 10 a 15 cm
• A camada impermeável não deve ser queimada, mas apenas alisada, para que sua superfície fique semi-áspera evitando rachaduras.
• Usa-se a mesma argamassa para o  assentamento das duas primeiras fiadas da parede.

[pic]

Obs.: O tempo de duração de umaimpermeabilização deverá corresponder ao tempo de uso de uma construção. Sua substituição envolve alto custo e transtorno aos usuários.
2 ARGAMASSA COM IMPERMEABILIDADE PARA EVITAR INFILTRAÇÕES


Trata-se de revestimentos poliméricos bicomponetes, utilizados para impermeabilização de estruturas em contato com água ou umidade em geral, sujeitas ou não a pressões hidrostáticas.
Sãoindicadas para impermeabilização de fundações, baldrames, pisos e paredes de banheiros, reservatórios, piscinas, tanques e paredes de alvenaria. Podem ser aplicadas sobre concreto, alvenaria e argamassa.
As argamassas semi-flexíveis detém a propriedade de penetrar na porosidade superficial do substrato e promover uma cristalização superficial, apresentando, inclusive, resistência a pressõeshidrostáticas negativas, ou seja, pressões atuantes “do exterior para o interior” da estrutura, evidentemente dentro de certos valores que variam em função dos produtos e dos fabricantes. Sua aplicação se destina às estruturas com pequeno ou nenhum grau de movimentação, ou seja, estruturas predominantemente rígidas, como reservatórios enterrados de concreto armado ou alvenaria armada, pisos de...
tracking img