Imperio romano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2089 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA VOCACIONAL MASROUR

************************************ 1º A

TRABALHO DE HISTORIA:
IMPERIO ROMANO

MANAUS – AM
2012
ESCOLA VOCACIONAL MASROUR

************************************************ 1º A

TRABALHO DE HISTORIA:
IMPERIO ROMANO
Este trabalho foi solicitado como
nota parcial do 2º bimestre,
da disciplina de historia da
*******************.

Professor:***************

MANAUS – AM
2012
Sumario
1. Introdução...........................................................................................4
2. Império Romano..................................................................................5
2.1. Alto Império......................................................................................6
2.2 BaixoImpério.....................................................................................7
2.3 Tentativas de Reforma......................................................................7
2.4Fragmentação do Império..................................................................8
2.5Crise final e desaparecimento do Império romano do ocidente.....8
4.Conclusão..............................................................................................9
5. Bibliografia...........................................................................................10











MANAUS – AM
2012
Introdução
O Império romano em sua origem, em meio de vários conflitos que levaram ao poder seu primeiro imperador Otávio(27 a.C.-14 d.C.),então Roma em alguns anos de um império decadente a longo período de prosperidade.
O Alto Império foi um período de bom, mas marcado no inicio com desequilíbrio entre imperador e senado, logo após vem duas dinastias de excelente administração e com a chegado da dinastia severa com constantes crises e pressões externas prenunciava o fim do império.O Baixo Império foi o período de dois séculos que se sucederam crises políticas, invasores bárbaras, e com chegada na religião cristã que pregavam a não escravização houve um colapso no sistema.
Ao longo do Baixo império vários imperadores tentaram reformas e com governos mas dinâmicos para evitar disputas pelo poder, mas o fim do império estava próximo.O poder central se mostrava impotente com constantes invasões bárbaras e mesmo o império resistindo durante quase mil anos o mal governo e crises fez com partes dos territórios romanos fossem conquistados pelos invasores.
No inicio do século III seguido de grandes crises, invasões constantes ao império Roma pereceu com fragmentação do império sua moeda quase quedesapareceu.






Império Romano (27 a.C. - 476 d.C.)

     As lutas políticas internas levaram ao poder Otávio (27 a.C.-14 d.C.), primeiro imperador romano. Desgastados pelas disputas internas e externas, os aristocratas romanos e o povo apoiavam a instalação de um governo forte, que estabilizasse a política e a economia de Roma. O poderconcentrou-se nas mãos de Otávio, com ampla aceitação nas diversas camadas da sociedade romana. Otávio recebeu vários títulos concedidos pelo Senado, ampliando seus poderes, entre eles o Augusto (sagrado), Princeps Senatus (principal do senado), Imperador (comandante supremo do exército), Pontífices Maximus (sacerdote máximo), Pater Patriae (pai da pátria) etc. Seu governo destacou-se pela preocupação com aestabilidade interna e externa do Império.   Somando tantos poderes, Otávio Augusto tornou-se, na prática, rei absoluto de Roma. Mas não assumiu oficialmente o título de rei. Permitiu que as instituições republicanas, principalmente o Senado, continuassem sobrevivendo na aparência.   Durante seu longo governo, Augusto promoveu uma série de reformas sociais e administrativas. Incentivou a...
tracking img